Sportbuzz

Isaquias Queiroz (Canoísta)

Isaquias Queiroz
Isaquias Queiroz - GettyImages
Nome CompletoIsaquias Queiroz dos Santos
Como/pelo que é mais conhecidoCanoísta
Data Nascimento03/01/1994
27 anos, 9 meses
Local NascimentoUbaitaba, Bahia
Instagram Oficial Isaquias Queiroz
Wikipedia Isaquias Queiroz

Nascido no dia 3 de janeiro de 1994, Isaquias Queiroz dos Santos é uma das principais esperanças de medalha do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Com importantes resultados ao longo de sua carreira, o canoísta busca o ouro inédito no país asiático. O início do brasileiro no esporte aconteceu por conta de um projeto social e a canoagem logo se tornou uma paixão para Isaquias.

Natural de Ubaitaba, na Bahia, o atleta começou com a canoagem ao lado de seus dois irmãos Isac e Lucas. O esporte surgiu como refúgio para uma vida complicada e muito arteira. Isaquias era uma criança muito agitada, que deu alguns sustos em sua mãe Dilma. Porém, o que teve início como brincadeira foi se tornando realidade.

Figueroa Conceição, responsável pelo projeto social, percebeu o talento do jovem baiano para o esporte. Na época, Figueroa era auxiliar técnico de Jefferson Lacerda, integrante da primeira delegação brasileira de canoagem em uma Olimpíada. Por conta de seu talento, Isaquias participava de competições contra adversários mais velhos e, mesmo assim, conseguia vencer os rivais.

No ano de 2011, Queiroz se tornou o primeiro campeão mundial júnior do Brasil com o ouro conquistado na prova C1 200m masculino. Em 2013, no Mundial de canoagem de velocidade, conquistou o bronze na prova olímpica dos 1.000m. Os primeiros resultados já demonstravam o futuro brilhante que o garoto teria.

As conquistas foram acontecendo e, em 2015, Isaquias teve grande desempenho no Pan-Americano de Toronto, no Canadá. Foi ouro na categoria individual C1 200m e na categoria individual C1 1000m e prata na categoria de duplas C2 1000m. No ano seguinte, chegou o momento de maior teste para a carreira do canoísta baiano. Pela primeira vez em uma Olimpíada, Isaquias foi muito pressionado para a disputa no Rio de Janeiro.

No entanto, todo gênio sabe lidar com a pressão e os resultados foram espetaculares. Conquistou a medalha de prata na modalidade C1 1000m, sendo superado apenas pelo alemão Sebastian Brendel, levou para casa a medalha de bronze na modalidade C-1 200m e a medalha de prata na modalidade C-2 1000m com sua dupla Erlon de Souza Silva. Assim, Isaquias se tornou o primeiro brasileiro a conquistar três medalhas em uma edição de Jogos Olímpicos.

Já em 2019, venceu a prova do C1 1000 metros nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. No mesmo ano, foi campeão mundial na prova do C1 1000m em campeonato realizado na Hungria. Atualmente, o canoísta é atleta do Flamengo.

Já no ano de 2021, Isaquias Queiroz fez história ao conquistar a medalha de ouro na categoria C1 1000m da Canoagem nas Olimpíadas de Tóquio.

A vida pessoal de Isaquias é bastante tranquila. Casado com Laina Guimarães desde 2017, o casal tem um filho chamado Sebastian, homenagem ao rival alemão Sebastian Brendel.


Artigos relacionados a Isaquias Queiroz

Brasil conquistou mais duas medalhas de ouro nas Olimpíadas - GettyImages
Atleta do Flamengo, Isaquias Queiroz conquistou uma medalha de ouro nas Olimpíadas - GettyImages
Nas Olimpíadas, Isaquias Queiroz fez história novamente na Canoagem - GettyImages
Nas Olimpíadas, Isaquias Queiroz representou o Brasil na Canoagem - GettyImages
Nas Olimpíadas, Isaquias Queiroz segue de olho na medalha de ouro - GettyImages
Isaquias Queiroz e Jacky Godmann disputaram a grande final da Canoagem - Júlio César Guimarães / COB / Fotos Públicas
Nas Olimpíadas, Isaquias Queiroz e Jacky Godmann disputaram a final da Canoagem - Júlio César Guimarães / COB / Fotos Públicas
Isaquias Queiroz participou das Olimpíadas de Tóquio pela primeira vez - GettyImages
Isaquias Queiroz e Jacky Godmann disputaram as quartas de final da Canoagem - Transmissão SporTV - 01/08/2021
Jogadores brasileiros posam com a medalha de ouro - Clive Mason/Getty Images
Simone Biles conquistou a medalha de ouro no solo no Rio-2016 - Julian Finney/Getty Images