Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Vôlei / LIGA DAS NAÇÕES

Liga das Nações: Brasil cede virada e perde para os Estados Unidos

Na Liga das Nações, o Brasil começou vencendo os Estados Unidos nas quartas de final, mas levou a pior no final pelo excesso de erros e está fora do torneio

Redação Publicado em 20/07/2022, às 15h12

Brasil na Liga das Nações - VolleyballWorld/Fotos Públicas
Brasil na Liga das Nações - VolleyballWorld/Fotos Públicas

Nesta quarta-feira, 20, Brasil e Estados Unidos se enfrentaram pelas quartas de final na Liga das Nações de Vôlei Masculino. Apesar da conquista inicial por Bruninho e cia, o elenco do time sul-americano não conseguiu sustentar os bons resultados do início e cedeu a classificação aos oponentes na competição.

O primeiro set foi vencido pela equipe verde e amarela, que conseguiu emplacar 25 a 20 sobre seus adversários estadunidenses. O elenco tupiniquim abriu a disputa com tranquilidade, controlando facilmente a vantagem de pontos. O destaque especial foi Lucarelli, decisivo na ofensiva da equipe.

CANAL - SPORTBUZZ:

Já na segunda parte, os americanos levaram a melhor desde o início, ao começaram com três pontos na vantagem. Além de Lucarelli, Leal também foi essencial no ataque brasileiro, que não se dava por vencido e buscava diminuir a vantagem em todos os momentos do set. Contudo, a equipe norte-americana igualou ao triunfar por 25 a 22.

No terceiro set, o avanço dos adversários continuava a ganhar espaço. Após Lucarelli sacar para fora, os Estados Unidos obteve o benefício do set point nos momentos finais e aplicaram uma virada, com o placar de 25 a 23. Ainda que Bruninho tivesse contribuído para tornar o duelo mais equilibrado, o Brasil precisou buscar a igualdade na quarta etapa.

Time de vôlei do Brasil em quadra
Time de vôlei do Brasil em quadra (Créditos: VolleyballWorld/Fotos Públicas)

Apesar das tentativas e tenacidade do Brasil, "Tio Sam", mais uma vez, foi vitorioso e eliminou o elenco verde e amarelo da competição. Em pontuação parcial assustadora de 7 a 1 favorável aos oponentes, no início do último tempo,  a Seleção americana concluiu a sua virada até o minuto final, aproveitando os erros alheios, e se classificou às semis com 25 a 17.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!