Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / SERÁ?

Jorge Jesus se anima com projeto e se aproxima de novo clube

Livre no mercado, Jorge Jesus vem sendo procurado por diversas equipes do futebol mundial, mas parece ter gostado de uma delas em especial

Redação Publicado em 31/01/2022, às 14h28 - Atualizado em 04/02/2022, às 12h49

Jorge Jesus deve retornar ao futebol árabe - GettyImages
Jorge Jesus deve retornar ao futebol árabe - GettyImages

Livre no mercado da bola, o técnico Jorge Jesus (67) pode ser anunciado a qualquer momento como novo comandante de uma equipe. Após deixar o Benfica no final do ano passado, o Mister segue tentando encontrar um novo destino para a carreira e parece ter se animado com um dos projetos apresentados.

De acordo com as informações publicadas pelo jornal português “O Jogo”, o Al-Ahli Jeddah, da Arábia Saudita, desponta como grande favorito para ter Jorge Jesus na beira do gramado. Nos últimos dias, as conversas com o treinador e seus representantes caminharam rapidamente e devem ser finalizadas em breve.

 

CANAL - SPORTBUZZ:

Apesar das tratativas avançadas, Jorge Jesus demonstra não ter pressa para definir o futuro da carreira. Ao sempre optar por conhecer os projetos dos clubes interessados, o Mister acaba atrasando a finalização das negociações. Mesmo assim, o Al-Ahli Jeddah não parece disposto a desistir da chegada do treinador.

Vale citar que o clube árabe ainda tem um técnico na beira do gramado. Porém, os resultados recentes no futebol local indicam que Besnik Hasi deve ser demitido nos próximos dias. Assim, o caminho para a chegada de Jorge Jesus ao Al-Ahli Jeddah fica livre. Vale citar que o Mister já teve experiências no futebol da Arábia Saudita.

TRABALHO NO BENFICA!

Além da dificuldades no relacionamento com os jogadores, Jorge Jesus não estava tendo grandes resultados dentro da campo. O treinador conseguiu eliminar o Barcelona na Champions League e avançar para as oitavas de final, porém ficou longe da liderança do Campeonato Português e foi eliminado da Taça de Portugal pelo Porto

Jorge Jesus com as mãos na cintura
Jorge Jesus segue livre no mercado (Crédito: GettyImages)

 

NO TIMÃO?

De acordo com informações do site "Meu Timão", o treinador português, junto com sua comissão técnica recebem atualmente 7 milhões de euros por temporada, cerca de R$ 40 milhões. Assim, caso fossem contratados pelo Corinthians, iriam receber mensalmente R$ 3 milhões, um valor bem alto considerando os padrões dos clubes brasileiros para com treinadores.

O site ainda destacou que uma pedida abaixo desse número poderia ser considerada por ambas as partes para deixar os valores um pouco mais próximos da realidade financeira do futebol brasileiro, e principalmente do Alvinegro. No entanto, algo menor que 4 milhões de euros, cerca de R$ 23,7 milhões por temporada, ou R$ 1,8 milhão por mês, estaria fora de cogitação.

JORGE JESUS E SEU FUTURO!

O Atlético-MG demorou longo período para chegar num acerto com Antonio Mohamed, isso porque o Galo ainda priorizava a possibilidade de trazer Jorge Jesus para 2022. No mesmo período em que Cuca optou por sua não renovação, o português foi demitido do Benfica e ficou livre no mercado da bola.

Em entrevista para a "Rádio Bandeirantes", Rubens Menin, mecenas do Atlético-MG, deu detalhes das conversas com Jorge Jesus e também revelou os motivos pelos quais JJ não veio para o Galo. De acordo com ele, as conversas com o treinador português sempre foram positivas, mas o tempo que ele pedia não era compatível com o do clube mineiro. 

"O Jorge Jesus tem um contrato com o Benfica ainda, que não foi desfeito completamente. O tempo dele não atendia ao tempo do Atlético. Não é que ele não tenha querido vir para o Atlético, não, ele até queria, tinha esse interesse. Mas o tempo dele não dava certo, porque nós precisávamos de um técnico para segunda-feira. A hora que ele não tinha esse tempo para ser dado ao Atlético, as negociações nem prosseguiram", explicou. 

Corinthians inicia procura por novo técnico

Após três rodadas do Campeonato Paulista, o Corinthians vai iniciar a busca por um novo técnico para a sequência da temporada de 2022. Na madrugada desta quinta-feira, 3, o Timão anunciou a demissão de Sylvinho do cargo após a derrota por 2 a 1 no clássico para o Santos, de virada, na Neo Química Arena. O nome de Jorge Jesus é o mais desejado, segundo o "GE".

Cotado para assumir o comando do Corinthians em 2021, o nome de Renato Gaúcho não é considerado pela diretoria alvinegra. Na ocasião, ele recusou a oferta do Timão e foi contratado pelo Flamengo pouco tempo depois. Sem sucesso com a torcida, Renato foi demitido do time rubro-negro antes do fim do Campeonato Brasileiro.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!