Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Vôlei » SUPERLIGA

CBV volta atrás e estipula nova data para votação sobre ranking de atletas da Superliga; entenda!

Jogadoras se posicionaram contra a decisão e entidade resolveu realizar novo encontro entre os clubes

Guilherme Assumpção Publicado em 13/03/2020, às 20h16

Jogadoras se posicionaram contra decisão da CBV
Jogadoras se posicionaram contra decisão da CBV - Orlando Bento/MTC

A polêmica votação realizada pela Confederação Brasileira de Vôlei na última quinta-feira, 12, movimentou os bastidores do esporte nas últimas horas. A decisão fez com que diversas jogadoras se manifestassem através das redes sociais e criticassem a manutenção do ranking de atletas para a próxima temporada da Superliga Feminina.

Com a enorme repercussão do caso, a CBV decidiu realizar nova votação sobre o ranking. O formato limita a permanência de atletas com altas pontuações nos clubes. Assim, as equipes só podem ter duas jogadoras com sete pontos obtidos no ranking.

O comunicado da nova votação foi enviado aos clubes na noite desta sexta-feira, 13. Alguns times não conseguiram estar presentes na primeira reunião e, agora, o encontro será realizado através de videoconferência.

“A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) esclarece que sempre respeitou a opinião dos clubes participantes da Superliga. Seguindo este padrão, na manhã de quinta-feira (12.03), em reunião realizada aqui na CBV ficou decidido pelos clubes, por unanimidade e após duas consultas, que seriam validados apenas os votos dos times presentes em relação à definição de dois temas: ranking e estrangeiras para a Superliga 2020/2021”, disse Renato D´Ávila, superintendente da CBV, em comunicado enviado aos clubes.

“A CBV seguiu a conduta adotada comumente, porém, como nos últimos anos houve consulta por e-mail, e desta vez dois clubes fizeram encaminhamento e não foram informados que estes votos não seriam aceitos, a entidade entende por bem realizar uma nova reunião para determinação final quanto ao ranking na Superliga 2020/2021”, completou.

ENTENDA A CONFUSÃO:

Nesta quinta-feira, 12, a Confederação Brasileira de Vôlei se reuniu para definir se manteria ou não o polêmico ranking de atletas para a próxima temporada da Superliga Feminina.

Através de votação com oito representantes dos dez dos clubes garantidos na temporada 2020-21, o placar foi de 5 a 4 para manter o ranking. Entretanto, São Paulo-Barueri e Curitiba, que não puderam comparecer na reunião por problemas financeiros, afirmaram que enviaram seus votos de forma oficial, mas não foram contabilizados.

Sendo assim, o resultado seria de 6 a 5, o que causaria o fim do ranking. Constante alvo de críticas das jogadoras, o formato limita a permanência de atletas com altas pontuações nos clubes. Ou seja, os times só podem ter duas atletas de sete pontos a cada temporada.


5 itens essenciais para quem gosta de vôlei

1- Bola de Vôlei Mikasa - https://amzn.to/2PkNAnQ

2- O que é vôlei: Histórias, regras, curiosidades - https://amzn.to/35YQy7c

3- Rede Vôlei Praia - https://amzn.to/366w9NB

4- Tênis Asics Gel Task Vôlei - https://amzn.to/2JpVEQq

5- Bolsa Fitness Fred Hard Vôlei - https://amzn.to/2JoFjv4

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!