Sportbuzz
Testeira
Futebol / COPA AMÉRICA!

Chile suporta pressão e vence Bolívia na Copa América

Na segunda rodada da fase de grupos, Chile e Bolívia duelaram na Copa América

Redação Publicado em 18/06/2021, às 18h28 - Atualizado às 19h53

Chile e Bolívia duelaram na Copa América - GettyImages
Chile e Bolívia duelaram na Copa América - GettyImages

Na noite desta sexta-feira, 18, Chile e Bolívia entraram em campo para disputar a segunda rodada da fase de grupos da Copa América. Com tropeços na estreia do torneio, as equipes brigaram pela primeira vitória no gramado da Arena Pantanal, em Cuiabá.

E o triunfo foi para o lado vermelho e azul. Após sair na frente do placar, o Chile soube segurar a forte pressão imposta pela Bolívia para vencer por 1 a 0. Com o triunfo, a seleção chilena chegou aos quatro pontos e assumiu a liderança do grupo A da Copa América.

 

JOGO!

O primeiro tempo começou e o Chile logo tomou a iniciativa da partida. Aos três minutos, Meneses aproveitou sobra do escanteio e finalizou para linda defesa de Lampe. Com ritmo intenso, a equipe de Vidal e companhia abriu o placar.

Aos nove minutos, Vidal recebeu passe de Meneses e lançou para Vargas, que dividiu com a defesa. Na sobra do lance, Brereton finalizou rasteiro e deixou o dele. 1 a 0. Com muitas dificuldades, a Bolívia sequer chegava perto da meta rival. 

Com amplo domínio, o Chile tentava ampliar. Aos 14, Vidal cruzou, Brereton cabeceou e Lampe fez grande defesa. No minuto seguinte, Pulgar arriscou de longe e o goleiro saltou para defender. Aos 16, o arqueiro boliviano ainda pegou chute de Meneses. Que atuação!

Sem diminuir o ritmo, a seleção chilena não deixava a Bolívia respirar. Aos 22, Brereton aproveitou passe de Isla e chutou para mais uma defesa de Lampe. Após os sustos, a equipe boliviana chegou ao ataque. 

Aos 29 minutos, Saavedra fez grande jogada e passou para Fernández, que perdeu ótima oportunidade na pequena área. Aos 34, mais uma chance da Bolívia, mas Bravo defendeu. Ainda antes do intervalo, Vargas tentou ampliar para o Chile, mas parou em Lampe. Intervalo!

A segunda etapa teve início e a Bolívia voltou determinada para buscar o empate. Logo no primeiro ataque, Saavedra avançou pelo meio e finalizou para defesa tranquila de Bravo. Na resposta, Vargas chutou e Lampe encaixou.

Mais ofensiva, a seleção boliviana quase deixou tudo igual. Aos dez minutos, Arce avançou pelo lado direito e passou para Saavedra, que finalizou e Bravo fez grande defesa. Aos 20, Pinares tentou responder para o Chile, mas não teve sucesso.

Aos 27 minutos, a Bolívia voltou a levar perigo. Após boa jogada pela direita, a bola sobrou com Bejarano, que finalizou rente à trave. Na resposta, o Chile chegou com Mena, que aproveitou cruzamento e mandou por cima do gol.

Já nos minutos finais, a seleção boliviana partiu para a pressão. Aos 34, Ramallo fez boa jogada e passou para Bejarano, que finalizou para o gol. Na trajetória, a bola desviou na marcação e quase morreu no fundo das redes.

Mesmo com o domínio na posse de bola, a Bolívia não conseguia furar a retranca. Do outro lado, o Chile se mostrava contente com o resultado. Contudo, a rede ainda balançou. Aos 47, Mena tocou para Vargas, que ampliou. Porém, o atacante estava impedido. Gol anulado! Fim de papo!

PRÓXIMOS JOGOS

Uruguai x Chile – Segunda-feira, dia 21 (18h)

Bolívia x Uruguai – Quinta-feira, dia 24 (18h) 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!