Sportbuzz
Testeira
Esporte na TV / LAMENTÁVEL!

Galvão Bueno desabafa após casos de violência: "Não podem nos vencer"

Galvão Bueno colocou para fora toda a sua indignação com os recentes casos de violência no futebol brasileiro, que já deixaram diversas pessoas feridas

Redação Publicado em 08/03/2022, às 08h29

Galvão Bueno, narrador esportivo - Transmissão TV Globo
Galvão Bueno, narrador esportivo - Transmissão TV Globo

Galvão Bueno desabafou durante o programa "Bem, Amigos!" desta segunda-feira, 7, sobre os recentes casos de violência no futebol. O narrador lamentou o fato de cenas tão impressionantes estarem acontecendo a cada partida, e se indignou quando parou para analisar em que ponto o esporte se tornou um palco para atitudes violentas.

"O que está acontecendo com o futebol? Nos últimos dias, foi um susto atrás do outro. Foram cenas revoltantes. Selvageria dentro de um estádio no México, bombas jogadas dentro de ônibus aqui no Brasil com jogadores dentro, invasão de campo, batalha campal, torcedor agredindo jogador e ameaças mafiosas no Uruguai. Lá simplesmente não tem mais jogo. O que está acontecendo?", questionou o narrador.

Canal - SportBuzz

Durante seu desabafo, Galvão Bueno citou a guerra que está acontecendo entre Ucrânia e Rússia, cobrou que as autoridades façam alguma coisa e também parabenizou o técnico Abel Ferreira, do Palmeiras, por ter se pronunciado sobre a violência no futebol no último domingo, 6, depois da vitória da equipe sobre o Guarani.

"Não é possível que não cause comoção as imagens horríveis, terríveis que nos chegam da guerra da Ucrânia. Que pessoas são essas? Que em nome de uma paixão por um time, usam só o ódio. Eu começo até a duvidar do que se passa no coração desses torcedores. Torcedor não. Bandidos! Porque o verdadeiro torcedor é um apaixonado pelo futebol e respeita os adversários", apontou o apresentador antes de completar.

Galvão Bueno desabafa após casos de violência no futebol
Galvão Bueno desabafa após casos de violência no futebol (Crédito: GettyImages)

 

"Eu queria dar parabéns ao treinador Abel Ferreira. Eu já fiz críticas, mas ele cobrou das autoridades e disse muito claramente que não sabe se vai trabalhar aqui. E de quem é a culpa? Cadê a punição? Essas pessoas não tem medo da lei. O futebol está ficando doente. Muito doente. Esses bandidos não podem nos vencer", finalizou Galvão Bueno durante o programa.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Galvão Bueno (@galvaobueno)

 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!