Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Coronavírus » PAULISTÃO!

Gol sem comemoração? Federação Paulista de Futebol avalia condições para a volta do Estadual

Entidade também estuda o uso de luvas e mangas compridas durante as partidas

Izabella Macedo Publicado em 05/05/2020, às 17h39

Federação Paulista de Futebol avalia possibilidade de retornar com a competição estadual
Federação Paulista de Futebol avalia possibilidade de retornar com a competição estadual - GettyImages

De acordo com o site Globo Esporte, o protocolo médico apresentado pela Federação Paulista de Futebol, FPF, ao governo do estado de São Paulo pedindo a volta do Paulistão prevê que as delegações dos clubes e as equipes de arbitragem fiquem confinadas durante a participação na reta final do Estadual.

A publicação destaca que existe a possibilidade de o comitê responsável sugerir que os gols não sejam comemorados em grupo para evitar ao máximo o contato físico entre os jogadores e comissão técnica.

Na última segunda-feira, 4, os dirigentes da FPF juntamente com os presidentes dos 16 clubes da elite paulista optaram por continuar sem definir um prazo para o retorno dos treinamentos até que se tenha uma liberação por parte das autoridades sanitárias.

O caso do Campeonato Paulista segue indefinido já que o Estado de São Paulo prorrogou o período de quarentena para até o dia 10 de maio. A ideia é que até lá, o governador João Dória comunique um plano gradativo de saída da quarentena.

Apesar disso, um ponto já está definido: as partidas acontecerão com portões fechados, sem a presença do público.

As possibilidades que estão sendo analisadas para diminuir o risco de contágio pelo Covid-19 ainda contam o uso obrigatório de máscara em quase todas as situações, além de testes periódicos em jogadores, comissões técnicas e outros envolvidos e restrições no número de pessoas nos treinos e também nos jogos. 

O documento é assinado pelo ortopedista Moisés Cohen, presidente do Comitê Médico da FPF, que explicou o caso ao site esportivo.

"Tudo o que foi colocado no protocolo é uma recomendação da FPF para aos clubes. Caberá a cada um deles acatar dependendo da sua realidade. Mas todos os médicos do Campeonato Paulista já se posicionaram favoráveis às medidas, e isso me deixou muito satisfeito", disse.

Outras medidas estão sendo pensadas, como o uso por parte dos jogadores de mangas compridas e luvas. Moisés Cohen também não descarta a sugestão de que os gols não tenham comemoração.

"Ainda estamos estudando e discutindo a viabilidade de algumas situações. O fato é que vai mudar muito a cultura como um todo. Uma comemoração de gol, por exemplo, aumenta a exposição ao risco de contaminação. Claro que em situações como disputa no alto de um escanteio, o contato é inevitável. Mas ainda vamos analisar medidas educativas para que sejam sugeridas. São pontos de conscientização, não regras", explicou.

O documento, que conta com nove páginas e por enquanto vale apenas para os times da Série A, teve entre as referências os protocolos da Federação Portuguesa, da Federação Espanhola elencados em cinco "premissas". Confira:
 
Protocolo da Federação Paulista de Futebol para a volta do Estadual (Crédito: Divulgação/FPF)
 
A entidade ainda divulgou um cronograma, que apesar de estar sem datas, estipula o que se deve acontecer em cada etapa:
 
Cronograma da Federação Paulista de Futebol para a volta do Estadual (Crédito: Divulgação/FPF)
 
No protocolo ainda consta uma limitação de profissionais em cada partida em cerca de 170 pessoas, valor esse que pode variar conforme a importância do jogo.
 

A proposta também indica que os clubes terão que fornecer materiais explicativos sobre os procedimentos e também itens de segurança e cuidados, como EPIs (equipamento de proteção individual), máscara para funcionários, álcool gel, kits para testes e termômetros para medição rápida.

Sobre o uso da máscara, o médico Moisés Cohen explicou que ela não será obrigatória apenas para quem estiver dentro das quatro linhas, como jogadores e árbitros ou para quem precisar se comunicar com frequência, como o quarto árbitro e técnicos, por exemplo.

"Fora isso, até a bola rolar, todos vão precisar estar de máscaras. Durante o jogo, os jogadores no banco também precisam usar as máscaras", contou.

O doutor Moisés Cohen ainda ressalta que outras medidas que ainda não fazem parte do documento sugerem que os jogadores não cuspam no gramado e nem reclamem próximo ao árbitro.

"São todas medidas que ainda estamos discutindo. São coisas que não estão na regra de um torneio que já começou, então o descumprimento não pode ser passível de punição. Talvez em competições futuras virem regras em regulamento, mas seriam situações de conscientização diante do cenário que estamos vivendo. Uma comemoração de gol como estamos acostumados vai contra tudo o que estamos pregando de evitar o contato para diminuir a exposição ao risco de exposição. Mas são questões que ainda vamos estudar e avaliar", finalizou.


5 itens do seu time do coração que você não pode ficar sem

1- Camisa Adidas São Paulo 2018 - https://amzn.to/31uv12K

2- Livro Maquete 3D Estádio Vila Belmiro - https://amzn.to/2IZ3AaY

3- Mochila Corinthians - https://amzn.to/2psy3ax

4- Caneca com Abridor,  Flamengo - https://amzn.to/31uUJnQ

5- Fone de Ouvido Cruzeiro - https://amzn.to/33GhR4d

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!