Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Coronavírus / TÊNIS

Djokovic tem visto cancelado e está fora do Australian Open

Justiça australiana decide por manter o visto cancelado, Novak Djokovic é deportado do país e está fora da disputa do Australian Open

Redação Publicado em 16/01/2022, às 12h47

Djokovic tem visto cancelado e está fora do Asutralian Open - GettyImages
Djokovic tem visto cancelado e está fora do Asutralian Open - GettyImages

Novak Djokovic não vai disputar o Australian Open neste ano. Após nova audiência na Austrália neste domingo, 16, o júri decidiu por manter o cancelamento do visto de entrada no país do tenista sérvio. Diante disso, o número 1 do mundo foi deportado e não poderá disputar o primeiro Grand Slam do ano.

Após a decisão da justiça australiana, o sérvio se manifestou e afirmou estar “extremamente desapontado” com a situação. O atleta buscava seu décimo título no Aberto da Austrália e o 21º Grand Slam da carreira. Com 20 conquistas, ele está empatado com Roger Federer e Rafael Nadal.

Canal - SportBuzz

“Estou extremamente desapontado com a Corte ao dispensar meu pedido de revisão judicial da decisão do Ministro de cancelar meu visto, o que significa que não posso ficar na Austrália e participar do Australian Open. Respeito a decisão da Corte e vou cooperar com as autoridades relevantes em relação a minha saída do país”, disse aos jornalistas antes de ser encaminhado para o aeroporto de Melbourne.

A ideia era que o número 1 fizesse sua estreia no Australian Open diante do compatriota Miomir Kecmanovic, na próxima segunda-feira, 17. Na semana passada, Djoko confirmou que não cumpriu o período de isolamento após testar positivo para a Covid-19, o que culminou pelo cancelamento de seu visto.

Djokovic é deportado após visto cancelado
Tenista é deportado após visto cancelado (Crédito: GettyImages)

Em comunicado oficial, a ATP, entidade que administra o circuito profissional masculino, se manifestou sobre a situação do tenista. Na nota, a organização afirmou que a decisão da justiça australiana “encerra uma série de eventos profundamente infelizes” envolvendo o atleta sérvio.

“A decisão emitida hoje (domingo) de confirmar a anulação do visto australiano de Novak Djokovic encerra uma série de eventos profundamente infelizes”, escreveu a ATP. 

“Independentemente de como chegamos até aqui, Novak é um dos maiores campeões do nosso esporte e sua ausência no Aberto da Austrália é uma perda para o tênis”, continuou em outro trecho. “Sabemos até que ponto estes últimos dias foram complicados para Novak e até que ponto ele queria defender seu título em Melbourne. Desejamos o melhor a ele e estamos ansiosos para vê-lo de novo, muito em breve, nas quadras”, acrescentou a entidade.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!