Sportbuzz
Coronavírus / TRISTE!

140 casos de coronavírus são confirmados pela Conmebol durante a Copa América

Conmebol informou ter feito mais de 15 mil testes de coronavírus durante a Copa América

Redação Publicado em 22/06/2021, às 07h16

Conmebol revela mais casos de coronavírus na Copa América - GettyImages
Conmebol revela mais casos de coronavírus na Copa América - GettyImages

Nesta segunda-feira, 21, a Conmebol divulgou um comunicado informando que 140 casos de coronavírus foram confirmados na Copa América. No último balanço feito pela entidade, na quinta-feira, 17, apresentava 66 positivos para a doença.

Segundo a própria Conmebol, até agora foram feitos 15.235 testes de coronavírus em jogadores, comissão técnica, e funcionários. Se pegarmos por base esse número, são 0,9% dos exames que deram positivo até aqui.

Diferentemente da semana passada, desta vez a Conmebol não revelou quantos desses casos são de delegações estrangeiras que vieram exclusivamente para a disputa da Copa América no Brasil. Segundo a nota, a maioria dos infectados é de "operários e empregados terceirizados".

Até aqui, já tivemos casos nas seleções da Venezuela, Colômbia, Chile e Bolívia. O Peru, por exemplo, teve um diagnóstico detectado antes de a delegação embarcar para o Brasil.

Justamente por conta dos altos números de casos de coronavírus, a Conmebol alterou o regulamento da Copa América, que antes limitava a cinco as substituições no caso de atletas infectados. Agora, as seleções não têm limite para fazer essa alteração.

Casos na delegação do Peru

Ocorreram apenas dois jogos até o momento, mas a Copa América já registrou 20 casos de Covid-19. O mais recente deles foi o do preparador físico do Peru, Néstor Bonillo, divulgado nesta segunda-feira, 14.

A Federação Peruana de Futebol informou que Néstor testou positivo para o vírus e, por isso, sequer viajaria com a delegação para o Brasil. De acordo com o comunicado da entidade, o profissional está bem e receberá assistência médica.

"O departamento médico continuará cuidando da integridade pessoal (de Néstor) e o assessorará durante todo o período de confinamento. Além disso, continuará cumprindo estritamente todas as normas sanitárias ditadas pelas autoridades pertinentes", afirma a nota.

O Peru desembarcou no Brasil na segunda-feira, 14, e estreou contra a Seleção Brasileira na quinta-feira, 17, às 21h (horário de Brasília), no Engenhão. Ambas equipes fazer parte do Grupo B, que ainda conta com Venezuela, Equador e Colômbia.

Com esse, já são 20 casos confirmados de coronavírus entre os participantes do torneio. A Venezuela, que viveu um surto da doença, é responsável por 13 deles. Quinze novos jogadores foram chamados pela seleção.

Dos sete casos restantes, quatro são da Bolívia (três atletas e um membro da comissão técnica) e dois da Colômbia (ambos da comissão). O teste positivo de Néstor Bonillo é o primeiro do Peru.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!