Sportbuzz
Olimpíadas / OLIMPÍADAS - ATLETISMO

Olimpíadas: brasileiras não avançam às semifinais dos 200m rasos no Atletismo

No Atletismo, Ana Carolina e Vitória Cristina estão fora das Olimpíadas

Redação Publicado em 01/08/2021, às 22h58

No Atletismo, Ana Carolina e Vitória Cristina estão fora das Olimpíadas - GettyImages
No Atletismo, Ana Carolina e Vitória Cristina estão fora das Olimpíadas - GettyImages

Na noite deste domingo, 02, o Atletismo deu sequência em mais um dia de competições nas Olimpíadas de Tóquio. E na logo na primeira sessão do evento, duas atletas do Brasil entraram em ação nas classificatórias dos 200m rasos.

Na primeira bateria da prova, Ana Carolina Azevedo fez sua participação nas Olimpíadas. Com boa largada, a brasileira se manteve na briga pela terceira posição, já que as três primeiras avançam diretamente às semifinais.

 

No entanto, Ana Carolina Azevedo perdeu ritmo nos metros finais e acabou terminando a prova na quinta posição. Apesar do resultado, a brasileira fez seu melhor tempo na temporada 2021 do Atletismo (23.20s).

Logo após a participação nas Olimpíadas, Ana Carolina Azevedo lamentou ter ficado de fora das semifinais, mas se mostrou satisfeita com o resultado alcançado e demonstrou consciência ao analisar o nível das rivais.

Pra mim foi semifinal. Eu tentei correr abaixo de 23, que é a minha melhor marca, 23.01s. Entrei consciente que peguei uma bateria muito forte e dei meu melhor. Está muito quente, a gente está assando para competir. Mas a pista está excelente, maravilhosa para competir. Do jeito que a gente ama", disse Ana ao Grupo Globo.
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

OUTRA PARTICIPAÇÃO

Já na quarta bateria dos 200m rasos, Vitória Cristina Rosa também representou o Brasil nas classificatórias do Atletismo. Na raia de número cinco, a atleta não largou tão bem e acabou terminando a prova na sexta posição (tempo de 23.59s).

Com os resultados, as brasileiras não garantiram vaga nas semifinais dos 200m rasos feminino nas Olimpíadas. Apesar disso, os índices de tempo seguem dando esperanças para conquistas maiores no futuro.

“Primeiramente eu estou muito feliz. Foi um ano muito difícil. A gente está em uma pandemia, estou sem patrocinador, o salário do clube foi reduzido. E graças a Marinha eu consegui me manter para hoje estar aqui. É um sinônimo de... não sei nem o que falar”, disse Vitória ao Grupo Globo.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!