Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola » SERÁ, TORCEDOR?

Saiba por que o Palmeiras está sendo cauteloso e não pretende apressar negociação por Hulk

Atacante deixou o Shangai SIPG após o término do contrato e a diretoria Alviverde iniciou algumas conversas

Redação Publicado em 15/12/2020, às 14h21

Saiba por que o Palmeiras está sendo cauteloso e não pretende apressar negociação por Hulk
Saiba por que o Palmeiras está sendo cauteloso e não pretende apressar negociação por Hulk - GettyImages

Desde que o atacante Hulk ficou livre no Mercado da Bola após o fim de seu contrato com o Shangai SIPG, da China, o principal possível destino do jogador passou a ser o Palmeiras e a partir daí, o clube começou a monitorar a situação.

Mesmo que seja de grande desejo da torcida contar com Hulk para a próxima temporada, segundo informações do site "Globo Esporte", o Alviverde não tem a intenção de apressar a negociação e não fará "loucuras" pelo negócio.

A publicação ainda destaca que a diretoria está em contato com os representantes do jogador e já sabe da operação financeira que seria necessária para avançar no negócio com Hulk, mas os valores são considerados muito altos.

A quantia que envolveria a chegada do atacante não é o único motivo para o Palmeiras ser cauteloso, já que a diretoria não considera arriscar a saúde financeira do clube, mesmo que tenha a intenção de reforçar o elenco.

Como a equipe ainda está envolvida nas três competições da temporada, a prioridade neste momento é o foco nos torneios e na conquista de algum título. E não em contratações de grande porte.

Além disso, por conta da janela de transferência, Hulk só poderia jogar a partir de fevereiro, quando se encerra o Campeonato Brasileiro.

A parte financeira é um ponto que é de se pensar, já que existe um possível retorno de Dudu, em maio. Arcar integralmente com os salários do atacante e de Hulk ao mesmo tempo teria um impacto gigante na folha salarial do Palmeiras.

Outro fator é o mandato do presidente Maurício Galiotte, que acaba no fim de 2021 e portanto, não é a intenção da atual diretoria se apressar para fechar com Hulk um contrato longo, com valores muito altos, para deixar para a próxima gestão arcar com a maior parte.

Mesmo com alguns pontos negativos, a seu favor, o Palmeiras conta com o desejo de Hulk de um dia voltar a jogar no Brasil, além do carinho que ele tem pelo Verdão.

Ele também é muito amigo de João Paulo Sampaio, diretor das categorias de base, com quem mantém contato constante e que tem participado das negociações. Os filhos do atleta, inclusive, começaram a treinar futsal no Verdão neste ano.

Mas como não está sozinho no negócio, o clube também sabe do interesse de equipes da Europa, do Oriente Médio e dos Estados Unidos pelo atacante e até por conta disso, não cogita entrar em leilão.

A ideia de Hulk também não é definir o seu futuro neste momento. Agora, o atacante está de férias com a família e pretende utilizar esse tempo livre para avaliar as possibilidades com calma.

Essa postura do jogador vai de encontro ao o que pensa o Palmeiras, já que o clube não pretende fechar a negociação neste fim de ano, até porque as possíveis premiações das competições podem ter impacto importante na parte financeira.


 
 
 
 
 
 
 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!