Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » ESPECIAL

Relembre 5 partidas em que a Lei do Ex foi implacável

Torcedores costumam sofrer com os gols marcados pelos jogadores que já passaram pelo clube

Guilherme Assumpção Publicado em 05/05/2020, às 17h19

Artilheiros estão entre os maiores implantadores da Lei do Ex
Artilheiros estão entre os maiores implantadores da Lei do Ex - GettyImages

O futebol mundial é marcado por jogadas plásticas e por gols que marcam a trajetória das equipes. Com muita alegria e empolgação, os torcedores costumam idolatrar os jogadores dos times pelos tentos marcados.

Porém, não há sentimento mais perturbador no futebol do que tomar um gol de um atleta que já defendeu seu clube. Este caso ficou batizado como “lei do ex”, aquela que castiga os torcedores que já nutriram um carinho especial pelo jogador.

E parece que toda vez que a lei tem a chance de ser implantada, ela entra em campo. Por isso, o SportBuzz decidiu relembrar cinco jogos marcantes que tiveram a presença da Lei do Ex. A lista conta com diversos craques, desde Cristiano Ronaldo até Gabigol, o artilheiro do Flamengo. Confira!

CR7 foi implacável contra o Manchester United (Crédito: GettyImages)

 

CRISTIANO RONALDO X MANCHESTER UNITED

O craque português é um dos maiores aplicadores da Lei do Ex. Revelado pelo Sporting, de Portugal, Cristiano Ronaldo ficou marcado por uma atuação espetacular diante do Manchester United, clube com o qual possui grande identificação.

No ano de 2013, o time inglês encarou o Real Madrid nas oitavas de final da Champions League. Atuando pela equipe espanhola, o craque foi o responsável por decretar a eliminação dos Red Devils.

Após marcar também na partida de ida, que terminou com o placar de 1 a 1, CR7 anotou o gol da virada merengue em Old Trafford faltando três minutos para o apito final do juiz, que levaria a decisão da vaga para os pênaltis. A reação do ídolo foi de respeitar o ex-clube e não comemorar o feito.

LAMPARD X CHELSEA

A relação do ex-jogador com os Blues ultrapassa qualquer idolatria e sua trajetória ficou marcada para sempre na memória dos torcedores. Porém, o hoje técnico do Chelsea, também já colocou seu nome entre os aplicadores da Lei do Ex.

Já no final da carreira, Lampard se transferiu para o Manchester City no ano de 2014 após passagem discreta no futebol dos Estados Unidos. O reencontro com o Chelsea ficou marcado pelo gol de empate do City marcado pelo ex-meia, que havia acabado de entrar no duelo, aos 39 minutos. Respeitando sua passagem pelos Blues, Lampard também não comemorou o gol e nem o empate em 1 a 1.

Lampard foi o responsável por garantir o empate diante do Chelsea (Crédito: GettyImages)

 

RONALDO FENÔMENO X INTER DE MILÃO

Com passagens importantes pelos dois maiores clubes da Itália, Ronaldo Fenômeno sofreu nas mãos dos torcedores da Inter após concretizar sua ida ao rival Milan. A principal relação de ódio com a torcida aconteceu em 2007, no estádio San Siro.

O ídolo brasileiro foi o responsável por abrir o placar da partida e a comemoração incendiou ainda mais os ânimos. Com a mão na orelha para provocar a Inter, o artilheiro foi obrigado a ver a virada do ex-clube e aguentar o revide de provocações dos torcedores.

Ronaldo provocou a torcida da Inter de Milão, mas acabou levando a virada (Crédito: GettyImages)

 

RENATO GAÚCHO X FLAMENGO

O atual treinador do Grêmio talvez tenha sido um dos principais personagens relacionados à Lei do Ex. Com passagens por grandes clubes brasileiros, Renato foi o responsável por acirrar ainda mais a rivalidade entre Flamengo e Fluminense no ano de 1995.

Atuando pelo Tricolor das Laranjeiras, o ex-atacante entrou para a história do clube ao marcar o gol do título carioca do mesmo ano. Porém, um detalhe chamou ainda mais atenção. O tento contra o rival foi marcado de barriga e contou com intensa comemoração do hoje treinador.

Antes de se transferir ao Fluminense, Renato havia conquistado alguns troféus com o Flamengo como, por exemplo, o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil nos anos de 1987 e 1990, respectivamente.

Renato Gaúcho castigou o Flamengo no ano de 1995 (Crédito: GettyImages)

 

GABIGOL X SANTOS

Um dos casos mais recentes da aplicação da Lei do Ex aconteceu na temporada passada. Brigando pelo título do Campeonato Brasileiro e a conquista simbólica do primeiro turno, Flamengo e Santos se encontraram no Maracanã e a torcida alvinegra sentiu na pele o que os adversários sentiam ao sofreram um gol do artilheiro.

Em lindo contra-ataque, Gabigol recebeu em velocidade, cortou para o meio e só deu um tapa de cobertura para encobrir o goleiro Everson e dar a vitória por 1 a 0 ao Rubro-Negro. Um verdadeiro golaço! Com o estádio lotado, o atacante não se poupou na comemoração e mostrou toda sua felicidade ao celebrar o importante gol marcado.

Em toda temporada do futebol brasileiro, a comemoração ou não do gol marcado sobre o ex-clube é levantada entre os analistas do futebol. Mas e você, torcedor? Qual seria sua reação ao marcar um gol contra sua ex-equipe? Comemoraria ou manteria o “respeito” ao adversário?

Gabigol comemorou bastante o gol diante do Santos (Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo)

 


5 itens de times internacionais que todo amante do futebol vai querer ter

1- Camisa Juventus 1985 Retrô - https://amzn.to/2JeQQgo

2- Caneca Scandinavia Real Madrid - https://amzn.to/2oh7iWs

3- Porta Tênis c/ 2 divisões Manchester City - https://amzn.to/32GlAin

4- Funko Pop! Paris Saint-Germain Kylian Mbappé - https://amzn.to/2pJkLGO

5- Bola Bolsa Esportiva Barcelona - https://amzn.to/2MGSGsQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!