Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / BRASILEIRÃO

Lisca critica logística do Santos para enfrentar o Fortaleza

Estreante no comando técnico do Santos, Lisca falou do processo de recuperação dos jogadores do Peixe e criticou a logística enfrentada pela delegação para encarar o Fortaleza

Redação Publicado em 25/07/2022, às 08h51 - Atualizado às 09h02

Lisca critica logística do Santos para enfrentar o Fortaleza - Ivan Storti/ Santos/ Flickr
Lisca critica logística do Santos para enfrentar o Fortaleza - Ivan Storti/ Santos/ Flickr

O técnico Lisca abriu o jogo sobre a preparação do Santos para o confronto contra o Fortaleza, fora de casa, sua esteia no comando técnico do Peixe. Em coletiva depois da partida, o treinador criticou a logística que a delegação alvinegra precisou enfrentar antes do compromisso no Ceará. O duelo na Arena Castelão neste domingo, 24, terminou empatado sem gols, pela 19ª rodada do Brasileirão.

“O Santos tem uma equipe maravilhosa, muito competente, na área da fisiologia, recuperação física, mas eu me assustei. E também com a viagem na véspera. Eu trabalhei aqui. Saímos do CT às 14h e chegamos aqui às 22h30”, disse o técnico Lisca, que ainda destacou que a cidade de Fortaleza estava cheia de turistas:

“Primeira coisa que pedi, mas tem o Fortal (um festival) aqui também. O nosso hotel estava lotado. Todo mundo de abadá. Nós chegamos para trabalhar, e os caras fazendo festa, bebendo na porta. Mas não conseguimos voo, hotel. E eu me desesperei. Minha estreia! Com toda essa dificuldade! Foi uma gincana”, completou.

O técnico ainda comentou sobre o tempo de recuperação dos jogadores entre um jogo e outro. Para justificar o seu ponto, ele usou nomes do esporte mundial como LeBron James (basquete) e Usain Bolt (atletismo). Segundo ele, os atletas devem ter boas horas de sono como parte do processo de recuperação.

Jogadores do Santos se reúnem antes de duelo contra o Fortaleza
Jogadores do Santos se reúnem antes de duelo contra o Fortaleza (Crédito: Ivan Storti/ Santos/ Flickr) 

“Começou errado depois do jogo de quarta. A recuperação não pode ser na quinta. O sono é o maior recuperador que um jogador pode ter. O Inaldo, fisiologista, mostrou uma reportagem que o LeBron dorme 12 horas por dia, o Usain Bolt dez horas por dia. Eles dormem para se recuperar, parecem ursos”, disse o treinador. 

“Vamos melhorar, falei com os jogadores sobre isso. Se não tivermos a capacidade de vir dois dias antes, o jogador se sacrificar um pouco...o Santos é um gigante, você tem que se preparar muito bem para a partida. Nossa vida é o Santos, temos que priorizar recuperação, logística. Isso é fundamental”, completou.

Na estreia de Lisca, Santos empata sem gols com o Fortaleza 

Fortaleza e Santos ficaram no empate por 0 a 0 no último jogo da 19ª rodada do Brasileirão deste domingo, 24. As equipes fizeram um jogo equilibrado no primeiro tempo e movimentado na segunda etapa, mas não saíram do zero no marcador. O técnico Lisca fez sua estreia no comando do Peixe.

Com o resultado, o Santos chegou aos 26 pontos e vai encerrar a rodada na nona colocação. A equipe paulista está a quatro pontos do Flamengo, que fecha o G-6, e abriu sete de vantagem para o Coritiba, que abre o Z-4. Já o Fortaleza se manteve na lanterna do campeonato, agora com 15 pontos somados.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!