Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Coronavírus » COMPLICADO

Teste de coronavírus dá errado, jogador atua contaminado, e futebol na Bulgária tem surto de 20 casos da doença!

Zagueiro Martin Kavdanski não sabia que estava com o vírus e dias depois, seus companheiros e adversários testaram positivo

Izabella Macedo Publicado em 06/07/2020, às 14h52

Teste de coronavírus dá errado, jogador atua contaminado, e futebol na Bulgária tem surto de 20 casos da doença
Teste de coronavírus dá errado, jogador atua contaminado, e futebol na Bulgária tem surto de 20 casos da doença - GettyImages

Desde que clubes, entidades, funcionários e jogadores manifestaram o desejo de retornar com os campeonatos de futebol em seus países, os órgãos de saúde competentes em cada cidade e estado passaram a implementar protocolos de segurança para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Exames periódicos para detectar a doença, inclusive, agora fazem parte da rotina de todos que trabalham nos centros de treinamento e também nos locais das partidas.

No entanto, apesar de todos os cuidados para que não haja contaminações em locais que o vírus está bastante controlado, um caso na Bulgária chamou a atenção pelas proporções que tomou, e tudo isso por conta de um teste que deu errado.

O defensor Martin Kavdanski realizou o exame do Covid-19, mas o resultado vindo do laboratório não indicou a contaminação pelo coronavírus, dessa forma, ele atuou no jogo de seu clube, o Tsarsko Selo, contra o Cherno More Varna no dia 2 de julho.

Como estava infectado e não sabia, três companheiros de equipe e 16 membros do time adversário anunciaram que estavam com a doença dias depois. 

Com a repercussão, o laboratório reconheceu o erro e se desculpou, mas o jogo já havia sido realizado e os demais atletas já tinham sido infectados. O presidente do Tsarsko Selo, clube de Kavdanski, também contraiu o vírus.

Em comunicado, o Cherno More anunciou os casos entre os jogadores e funcionários e as medidas tomadas após esse incidente.

"Infelizmente, os resultados encontraram 16 amostras positivas. Todos os jogadores com esse diagnóstico estão em quarentena, e tomamos as precauções necessárias. Notificamos a comissão médica e o departamento técnico da Federação Búlgara de Futebol. Estamos aguardando as instruções", escreveu.

Atualmente, na Bulgária a presença dos torcedores no estádio está permitida apenas com 30% da capacidade.

O próximo compromisso do Cherno More está programado para esta terça-feira, 7, contra o Arda, mas até o momento, não há notícia sobre um possível adiamento do jogo. Já o Tsarko Selo entra em campo na próxima quinta-feira, 9, para enfrentar o Botev.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!