Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Coronavírus » COMPLICADO

Jogadoras do Corinthians são impedidas de embarcar para a Argentina para a disputa da Libertadores Feminina; entenda!

Equipe estreia na competição continental nesta sexta-feira, 6, mas está enfrentando problemas para viajar

Redação Publicado em 03/03/2021, às 07h24

Jogadoras do Corinthians comemorando o gol em campo
Jogadoras do Corinthians comemorando o gol em campo - Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

A delegação do Corinthians tentou embarcar para a Argentina nesta terça-feira, 2, para a disputa da Libertadores Feminina, que acontece na sexta-feira, 5, mas enfrentou problemas no aeroporto.

As jogadoras e dirigentes estavam no Aeroporto de Guarulhos, mas tiveram o voo para Buenos Aires cancelado pela companhia aérea Turkish Airlines, com a justificativa de que cidadãos que estão no Brasil não podem ingressar no país por regras de contenção a pandemia de coronavírus.

Segundo informações do site "Globo Esporte", a diretora da modalidade, Cris Gambaré, está em contato com a Conmebol para entender qual será o procedimento adotado para conseguir chegar em solo argentino.

A princípio, a delegação deve embarcar em um voo comercial de empresa argentina nesta quarta-feira, 3.

Mesmo que cidadãos que saem do Brasil tenham sido restringidos pelo governo argentino, atletas, comissão técnica e diretoria de clubes que disputam competições chamadas de bolha, que atendem às exigências sanitárias referentes à Covid, a princípio, têm permissão para ingressar em outros países.

A restrição do governo argentino diz respeito à circulação de passageiros que saem do Brasil. O voo da Turkish Airlines opera normalmente vindo de Istambul em direção a Buenos Aires, mas não pôde embarcar passageiros em território brasileiro.

O Corinthians divulgou que suas atletas e demais membros da comissão e estafe estão testados e já estavam isolados, em cumprimento total das medidas de segurança para evitar o coronavírus.

Caso tudo dê certo, a estreia acontece nesta sexta, contra o El Nacional, do Equador, em Morón, uma província de Buenos Aires.

Confira o comunicado divulgado pelo clube esclarecendo a situação:

"O futebol feminino do Sport Club Corinthians Paulista informa que, na tarde desta terça-feira (02), ao chegar ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, foi informado que seu embarque para a Argentina, sede da Copa Libertadores Feminina, havia sido negado, atendendo decreto do governo local, prorrogado no último dia 28/02, restringindo a entrada de brasileiros no país por conta da pandemia de COVID-19.

A delegação, por meio da diretora Cristiane Gambaré, buscou tratativas com a Conmebol, as autoridades argentinas e a companhia aérea Turkish Airlines para a resolução do problema. Por volta das 19h, a equipe foi informada que, de fato, não seria possível o embarque e, como alternativa, foi oferecido uma troca de voo para esta quarta-feira, com as Aerolineas Argentinas.

O clube informa que condiciona a troca mediante garantias de embarque, já que a espera de cerca de quatro horas no aeroporto causou desgaste para atletas e funcionários e os expôs em um local de grande circulação de pessoas em meio a uma pandemia global.

A delegação segue focada e trabalhando para a estreia do Timão na Copa Libertadores, na sexta-feira, diante do El Nacional-EQU, às 17h, com transmissão do Facebook."


 
 
 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!