Sportbuzz
Surfe / UAU!

WSL: Jadson André vence Kelly Slater e entra no G22 do Circuito

WSL contou com a brilhante vitória de Jadson André sobre o 11 vezes campeão mundial do torneio Kelly Slater; surfista permanece na elite do Circuito Mundial

Redação Publicado em 03/05/2022, às 15h57

WSL tem Jadson André vencendo Kelly Slater e se mantendo na elite - GettyImages
WSL tem Jadson André vencendo Kelly Slater e se mantendo na elite - GettyImages

A WSL mandou mais uma surpresa boa para os brasileiros nesta semana! Nesta terça-feira, 3, Jadson André garantiu sua permanência na elite do Circuito Mundial de surfe para o restante da temporada e também para 2023. O potiguar simplesmente superou o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater, se classificou para as oitavas de final do Margaret River Pro, na Austrália.

De quebra, o brasileiro ainda assegurou uma vaga no grupo dos 22 primeiros do ranking. Em suas redes sociais, Jadson André comemorou muito o importante feito atingido citando uma passagem bíblica que segundo ele foi fundamental para mudar a sua vida pessoal e também sua carreira no mundo do surfe.

Canal - SportBuzz

"Sem palavras para este momento! Eu sei que os planos de Deus são perfeitos, e segue novamente a passagem que mudou a minha vida: 'Quem tem propósito alinhado com a vontade de Deus, não se move pela aprovação dos outros'. We made it (Conseguimos)!", escreveu o surfista ao lado de uma foto sua comemorando ainda dentro da água.

Apesar de agora estar sorrindo e bastante relaxado, o brasileiro teve uma missão mais do que difícil para conseguir entrar no G22 da WSL. Ele tinha que superar nada mais nada menos que o maior surfista de todos os tempos, mas por outro lado, o único troféu de etapa do CT de Jadson foi justamente derrotando Kelly Slater na final, em Imbituba, em 2010.

WSL tem classificação de Jadson André
WSL tem classificação de Jadson André na Austrália (Crédito: GettyImages)

 

Estando em sua 10ª temporada seguida na elite da competição, o surfista de potiguar tinha que vencer de qualquer forma para permanecer. Para isso, ele começou bem, encontrando uma direita boa para manobrar forte de backside e tirar um 7,43 na primeira onda. Já a primeira de Slater valeu 5,17, nota que Jadson fez igual em sua segunda.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jadson Andre (@jadsonandre)

 

Depois disso, o máximo que Kelly Slater conseguiu foi um 4,07 e viu o brasileiro avançando para as oitavas de final com 12,60 a 9,24 pontos. Essa, inclusive, foi a terceira vitória seguida de Jadson diante do campeão em baterias do CT, todas nas ondas de Margaret River. Com a classificação, Jadson subiu para assumir o 21º lugar no ranking.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!