Sportbuzz
Surfe / WSL

WSL: brasileiros brilham e estreiam com vitória em Margaret River

WSL contou com a estreia perfeita dos brasileiros e a queda de alguns surfistas para a repescagem nas próxima etapas da competição em Margaret River

Redação Publicado em 29/04/2022, às 11h57

WSL tem estreia positiva de brasileiros - GettyImages
WSL tem estreia positiva de brasileiros - GettyImages

A WSL aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 29, em Margaret River, na Austrália e contou com os brasileiros estreando na quinta e decisiva etapa da Liga Mundial de Surfe de forma muito positiva. Assim Filipe Toledo, embalado pelo título conquistado em Bells Beach venceu, assim como Ítalo Ferreira e João Chianca, o Chumbinho.

Vale lembrar ainda que o evento vai definir os 22 surfistas que vão seguir na briga pelo título da temporada. No entanto, enquanto os brasileiros avançaram direto para a terceira fase, Samuel Pupo, Jadson André, Deivid Silva, Caio Ibelli e Miguel Pupo foram para a repescagem na etapa australiana da WSL.

Canal - SportBuzz

Somando um total de 13 pontos, Filipinho superou dois australianos para avançar direto para a terceira fase da competição. Segundo colocado na bateria, com 9,63, Owen Wright também se classificou. Do outro lado, o convidado Jack Tomas caiu para a repescagem depois de conseguir apenas 6,90 dos jurados.

"Têm sido divertido os últimos dias, foram vários dias off e tivemos tempo para ficarmos prontos para a estreia. Hoje de manhã vimos que estava grande. Eu só fiquei esperando por essas ondas mais limpas e tentei remar nas ondas certas, fazendo boas escolhas. Essa é a chave aqui", disse Filipinho, em entrevista à WSL.

WSL tem estreia de brasileiros
WSL tem estreia de brasileiros (Crédito: GettyImages)

 

Vale lembrar que a disputa foi adiada por quatro dias seguidos, e os surfistas foram para a água tendo que encarar as impressionantes ondas grandes, que tinha em torno de 4m de altura, no Main Break de Margaret. Samuel Pupo foi o primeiro brasileiro a entrar na água, contra Callum Robson, da Austrália e Imaikalani deVault, do Havaí.

Ainda que estivesse em condições difíceis, o paulista conseguiu se manter ativo na disputa, pegando bastante onda, mas apesar disso, ele acabou caindo para a repescagem por apenas 17 centésimos. Vice-campeão em Bells, Callum foi o vencedor da bateria com total de 12,17 pontos somados. DeVault avançou em segundo, com 10, contra 9,83 de Pupo.

Quem também foi direto para a repescagem na terceira bateria do dia foi o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater. John John Florence, bicampeão da etapa de Margaret teve uma das melhores apresentações do dia e também conseguiu avançar para a terceira fase com um total de 15,60 pontos somados.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!