Sportbuzz
Testeira
Lutas / MMA / UFC

Conheça Francis Ngannou, o grande campeão dos pesados no UFC

Em grande luta contra Ciryl Gane, lutador camaronês manteve o título dos pesados do UFC; conheça Francis Ngannou

Redação Publicado em 04/02/2022, às 23h00

Conheça Francis Ngannou, o grande campeão dos pesados no UFC - GettyImages
Conheça Francis Ngannou, o grande campeão dos pesados no UFC - GettyImages

Francis Ngannou manteve o cinturão do pesos-pesados do UFC em grande exibição contra Ciryl Gane, no UFC 270, disputado no dia 22 de janeiro. O camaronês, que manteve o seu título pela primeira vez, acumula 17 vitórias no Ultimate. Na pequena cidade de Batié, em Camarões, o lutador percorreu um caminho árduo até chegar na principal liga de MMA.

A primeira vitória como profissional veio no dia 30 de novembro de 2013, em finalização de chave de braço contra o francês Rachid Benzima. Em quase dez anos, Ngannou foi derrotado apenas três vezes: para o francês Zoumana Cisse (2013), e para os americanos Stipe Miocic (2018) e Derrick Lewis (2018).

Canal - SportBuzz:

São seis triunfos em sequência desde o último revés, incluindo um título contra Miocic, em revanche disputada em março de 2021. O desempenho diante do americano, válido pelo UFC 260, rendeu ao camaronês a primeira eleição como performance da noite no Ultimate.

História e caminhada até o UFC

O caminho de Ngannou até chegar ao UFC não foi fácil. Aos seis anos, ele foi morar com a mãe e os três irmãos na casa de parentes, logo depois que seu pai abandonou a família. Aos 12, o camaronês começou a trabalhar em uma mina de areia. Com sonho de infância em lutar, tendo Mike Tyson como ídolo, ele começou a treinar apenas aos 22 anos, quando se mudou para Douala para praticar boxe – dividindo seu tempo com o trabalho em uma indústria de roupas.

Ngannou, campeão dos pesados do UFC
Ngannou, campeão dos pesados do UFC (Crédito: GettyImages)

 

Sem grandes perspectivas para ingressar no esporte em Douala, ele se mudou para a Europa para tentar uma melhor oportunidade. “Minha jornada começou com uma viagem de Camarões ao Marrocos que durou praticamente um ano. Foi um ano vivendo em situações ilegais, cruzando fronteiras, vivendo no mato, comendo comida do lixo. Uma vida terrível”, disse numa entrevista antiga ao Bleacher Report.

Em sua tentativa de saída do Marrocos para a Espanha, Ngannou foi detido por meses: “Foi mais estressante que assustador. Quando chegamos à Espanha, a gente estava meio que relaxado, mesmo que na prisão. Nós sabíamos que íamos ser presos, mas depois seríamos liberados”, contou.

Quando foi solto pela justiça espanhola, o camaronês foi para a França, onde se viu na necessidade de morar nas ruas de Paris aos 26 anos. Ngannou conta que depois que chegou em solos franceses, precisou procurar lugares para dormir, comer e treinar boxe. Quando encontrou uma academia amadora, chamou atenção pela altura, recebeu a recomendação de tentar carreira no MMA.

Ele então encontrou a academia Lopez MMA Factor, do também camaronês Fernand Lopez, que o ofereceu treinamentos e moradia. O lutador passou a morar nas instalações onde praticava boxe. Ao descobrir seu talento, passou a lutar MMA e começou logo com cinco vitórias e ganhou dinheiro suficiente para se manter.

Lutando profissionalmente pela França e depois por toda a Europa, assinou o contrato com o UFC em 2015. Sua estreia na companhia aconteceu naquele ano e, apenas pela liga de MMA, são 12 vitórias (sendo dez por nocaute) e duas derrotas. Campeão em 2021 e, ele ainda soma outros momentos marcantes na companhia, como os triunfos nas lutas contra Cain Velásquez, Junior ‘Cigano’ e Alistair Overeem. 

Contrato com o UFC

A luta disputada válida pelo UFC 270 foi a oitava de Ngannou no contrato de oito combates com o UFC. A defesa do cinturão, no entanto, ativa um termo enquadrado na “cláusula de campeão”, garantindo ao atleta mais três lutas ou um ano em caso de título no Ultimate. O camaronês já declarou publicamente que sua condição para permanecer na categoria é ter liberdade para lutar no boxe.


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!