Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » RESPONSA DIVIDIDA

Vasco: Alexandre Campello analisa saída de Abel Braga e comenta busca por novo treinador

Presidente vascaíno falou sobre momento da equipe e criticou reunião entre dirigente da FERJ e do Flamengo

Guilherme Assumpção Publicado em 16/03/2020, às 20h19

Campello conversou com a imprensa após reunião
Campello conversou com a imprensa após reunião - Paulo Fernandes / Vasco

A segunda-feira, 16, foi extremamente agitada nos bastidores do Vasco da Gama. O treinador Abel Braga pediu demissão do cargo após sequência negativa à frente da equipe e o presidente, Alexandre Campello, se revoltou com a reunião realizada na Federação do Rio de Janeiro.

O mandatário não gostou do encontro entre Rubens Lopes, presidente da FERJ, e Rodolfo Landim, dirigente do Flamengo, antes da conversa com os demais clubes. Para ele, a atitude foi vista como desrespeitosa pelo Cruz-Maltino.

“O Vasco deixou a reunião por entender que houve desrespeito com o clube e com os demais clubes. Fui um dos primeiros a chegar, aguardei desde as 9h. A reunião estava marcada para 9h30. O presidente do Flamengo foi chamado na sala da presidência. Lá, ficou reunido com todos os demais aguardando por 40 minutos. Achei isso um desrespeito”, disse Campello em entrevista coletiva.

“O Vasco não pode ser tratado dessa maneira. Já existe um desequilíbrio muito grande no Carioca com uma vantagem esportiva importante ao Flamengo. Quando se decidiu que o Maracanã seria um campo neutro, era no sentido de realizar os clássicos. E não que o Flamengo pudesse levar os seus jogos contra os pequenos para lá. Isso é uma imoralidade”, completou.

Questionado sobre a saída de Abel, Campello revelou que a decisão pela saída foi tomada em conjunto com a diretoria. Porém, o mandatário vascaíno afirmou que as responsabilidades devem ser divididas e não colocadas somente nas costas do ex-treinador.

“Tive uma conversa com o Abel hoje na hora do almoço, e nós chegamos em conjunto a essa decisão. Quero até agradecer ao empenho, à dedicação e ao trabalho do Abel. Os resultados que até aqui aconteceram não são só culpa do Abel. Há envolvimento de todos, direção e jogadores. Não se pode colocar só nas costas do treinador os resultados que não vieram. Os jogadores estão cientes e todos nós temos a nossa parcela de responsabilidade. Durante a conversa, chegamos a conclusão que o melhor era interromper. Foi uma decisão amistosa e compartilhada”, revelou.

Agora, o Vasco inicia sua procura por um novo comandante para a temporada. Dois nomes surgem como favoritos para assumir o cargo. Eduardo Barroca, do Coritiba, e Jair Ventura, sem clube, são os favoritos. No entanto, Campello não quis comentar as especulações e afirmou que a busca pelo profissional ainda não se iniciou.

“Volto a dizer: não penso em treinador enquanto tenho um técnico empregado no clube. É imoral. Não trabalho dessa maneira. Respeito os profissionais. Só penso em treinador quando o clube deixa de ter técnico. A gente sabe que muitos nomes são lançados ao vento. De um modo geral, alguns são figurinhas carimbadas. Nós não falamos em nome nenhum e não falamos com ninguém”, garantiu o dirigente.


5 itens essenciais para todos os Vascaínos

1- Drinking Game Vasco - https://amzn.to/2JbROdp

2- Os Dez Mais do Vasco da Gama - https://amzn.to/2P6G5kg

3- Tábua de Churrasco Vasco - https://amzn.to/33OLr7J

4- Boné New Era Vasco - https://amzn.to/2P8whGi

5- Caneca Térmica Vasco - https://amzn.to/2JbRWJQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!