Sportbuzz
Testeira
Futebol / SERÁ?

São Paulo: Kaká abre o jogo e revela se defenderia o Corinthians

São Paulo tem Kaká como um de seus grande ídolos e ele contou se aceitaria um provável convite para defender o rival na época de encerramento de carreira

Redação Publicado em 26/04/2022, às 17h00

São Paulo com Kaká em campo na época em que defendia o clube paulista - GettyImages
São Paulo com Kaká em campo na época em que defendia o clube paulista - GettyImages

Um dos maiores ídolos da história do São Paulo, Kaká é dono de uma trajetória marcante no futebol. Em entrevista ao podcast "PodPah", o ex-jogador lembrou dos momentos finais da sua carreira, revelando que poderia ter voltado ao Tricolor e finalizado a sua passagem pelo esporte no time do coração, mas não foi bem assim que aconteceu.

Por conta disso, inclusive, e pela sua forte ligação com o time do Morumbi, ele contou que a possibilidade de atuar em qualquer um dos rivais estaduais dificilmente poderia acontecer, ainda mais pelo Corinthians, clube que teve o nome levantado como destino para o ex-jogador durante a conversa no podcast.

 

Canal - SportBuzz

"Difícil… Esse passo seria muito difícil. Se eu voltasse, o São Paulo seria a prioridade. Se o São Paulo não quisesse, iria ver outras alternativas. Dificilmente jogaria em Corinthians, Palmeiras e Santos. Essa decisão é pessoal, entendo quem joga, mas no meu caso, com 35 anos, jogar no rival seria uma afronta. Por esse motivo, não iria acontecer", contou Kaká.

Ainda que estivesse bem em sua parte física, Kaká admitiu que o lado psicológico foi o que mais pesou para que a sua aposentadoria fosse confirmada. Por conta disso, mesmo com um número elevado de ofertas para continuar, vindas inclusive do Brasil, ele optou por pendurar as chuteiras no final de 2017, tendo atuado pela última vez como profissional pelo Orlando City.

São Paulo tem revelação de Kaká sobre defender rival
São Paulo tem revelação de Kaká sobre defender rival (Crédito: GettyImages)

 

"Aqui do Brasil, chegaram propostas de 10 clubes que chegaram para conversar com meu irmão e meu pai. Clubes da China, Itália… Pedi para falarem que estou num processo de decisão, para não fechar a porta para ninguém", contou o ex-jogador, revelando que poderia ter aumentado seu tempo de carreira, mas que a decisão final foi em parar.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Kaká (@kaka)

 

"Estava bem fisicamente, não estava tendo lesão, mas a cabeça (não respondia). Eu já estava em um lugar que não queria estar. Não queria mais estar jogando, queria estar viajando, curtindo outra coisa… Ficava nesse processo de decidir parar e querer ficar jogando", complementou Kaká, que durante esse período parado realizou um curso da CBF para tirar a Licença A de treinador.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!