Sportbuzz
Testeira
Futebol / SPORT

Florentín dispara contra Renato Gaúcho: “Queria olhar na cara dele”

Técnico do Sport, Gustavo Florentín diz que Renato Gaúcho ‘não tem código’ e que queria pedir explicações ao treinador, ex-Flamengo, por comportamento durante partida contra o Grêmio

Redação Publicado em 30/11/2021, às 08h25 - Atualizado às 08h26

Florentín dispara contra Renato Gaúcho: “Queria olhar na cara dele” - YouTube/ TV Sport
Florentín dispara contra Renato Gaúcho: “Queria olhar na cara dele” - YouTube/ TV Sport

O Sport recebe o Flamengo na próxima sexta-feira, 3, às 20h (de Brasília), na Arena de Pernambuco, em jogo atrasado da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dias antes do duelo, Gustavo Florentín, técnico do Leão, disparou contra Renato Gaúcho, ex-comandante da equipe rubro-negra. Em entrevista coletiva, o paraguaio ‘lamentou’ não poder enfrentar o colega de profissão, que deixou a equipe carioca depois de perder a final da Libertadores para o Palmeiras.

Durante a coletiva na última segunda-feira, 29, sobre sua renovação contratual com o Sport, Florentín afirmou que Renato “não tem ética” e que queria “tê-lo frente a frente para olhar na cara dele”. De acordo com o “GE”, em conversas com os jornalistas após a entrevista, o paraguaio afirmou que sua postura contra Renato se deu pelo comportamento durante a partida contra o Grêmio, seu ex-clube, incluindo uma conversa ao pé do ouvido com Cortez.

 

“É uma pena que Renato Gaúcho não estará contra nós, porque ele não tem código. Eu queria tê-lo frente a frente para olhar na cara dele. É uma pena. Sinto muito. Eu queria olhar na cara dele como homem”, disse o treinador do Sport, dizendo que queria explicações de Renato.

O Leão luta contra o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro, e o Grêmio é um dos concorrentes diretos no Z-4. No jogo contra o Flamengo, o Tricolor gaúcho buscou o empate por 2 a 2 depois de estar perdendo por 2 a 0. O Sport ocupa a vice-lanterna, com 33 pontos, contra 36 do Grêmio, 18º colocado.

“Os jogadores estão focados em vencer o Flamengo. Para isso, convido a torcida que garanta os 23 mil lugares e estejam presentes na Arena Pernambuco com a camisa do Sport. Gritem o ‘Cazá! Cazá!’ a todo momento, pois são os jogadores que vão tratar de dar essa alegria aos torcedores”, convocou Florentín, que mostrou insatisfação com a partida entre Grêmio e Flamengo.

Antes do duelo contra o Sport, o Flamengo enfrenta o Ceará nesta terça-feira, 30, às 20h (de Brasília). A partida diante do Leão da Ilha será a segunda partida da equipe do Rio de Janeiro após a demissão do técnico Renato Gaúcho, que deixou o cargo dias depois de ser derrotado pelo Palmeiras na final da Libertadores.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!