Sportbuzz
Testeira
Mercado da Bola / DEMITIDO!

Após fracasso na Libertadores, Renato Gaúcho é demitido do Flamengo

Renato Gaúcho não aguentou a pressão na Libertadores e acabou sendo demitido do cargo; Flamengo agora estuda soluções para repor sua comissão técnica

Redação Publicado em 29/11/2021, às 14h16 - Atualizado às 14h35

Renato Gaúcho não suportou a pressão no Flamengo - GettyImages
Renato Gaúcho não suportou a pressão no Flamengo - GettyImages

Nesta segunda-feira, 29, dois dias após a final da Libertadores, o Flamengo anunciou o desligamento de Renato Gaúcho. O treinador se reuniu com a diretoria rubro-negra e entrou num acordo para a saída do ex-comandante da equipe carioca. O time carioca agora foca na partida desta terça-feira, 30, contra o Ceará, que terá um interino no banco, Mauricio Souza. 

Renato Gaúcho não suportou a pressão externa e interna diante do resultado negativo na final da Libertadores, quando perdeu para o Palmeiras. De acordo com informações do site "Globo Esporte", o ambiente no vestiário para o treinador não era dos melhores e existia um questionamento em relação ao seu trabalho. 

 

CONFIRA A PUBLICAÇÃO DA DEMISSÃO!

A demissão de Renato Gaúcho vem de uma combinação de eliminações e resultados negativos no Brasileirão. Começando pelos campeonatos que foi eliminado, a derrota para o Athletico-PR na Copa do Brasil foi o início de sua queda, o ambiente já estava turbulento e ganhou ainda mais força com os tropeços no Brasileirão. 

Sendo assim, sem o título do Campeonato Brasileiro e também da Copa do Brasil, o que segurava Renato Gaúcho no cargo era a Libertadores. O jogo contra o Palmeiras, realizado no sábado, 27, era considerado como a última chance de Portuppi no rubro-negro carioca. O técnico acabou não conseguindo o título e a demissão se aproximou. 

Pelo Flamengo, Renato Gaúcho comandou a equipe em 37 partidas e venceu 24 delas. Além disso, empatou em oito oportunidades e sofreu apenas quatro derrotas. Durante sua passagem pelo rubro-negro carioca, seu time teve uma média de 2,36 gols por jogo e sofreu uma média de 0,86. Depois da saída de Portaluppi, a tendência é de que a equipe siga com interino até o final do Brasileirão. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!