Sportbuzz
Testeira
Futebol / COLETIVA!

Fernando Diniz abre o jogo sobre futuro no Vasco

Fernando Diniz tem contrato com o Vasco até o final deste ano

Redação Publicado em 05/11/2021, às 16h48

Fernando Diniz tem contrato com o Vasco até o final deste ano - GettyImages
Fernando Diniz tem contrato com o Vasco até o final deste ano - GettyImages

Na última quinta-feira, 04, o Vasco entrou em campo e se complicou bastante na luta pelo acesso à Série A. Após a derrota para o Guarani, a equipe de Fernando Diniz precisa de verdadeiro milagre para sair da segunda divisão.

Diante da situação muito improvável, Fernando Diniz já vem sendo questionado sobre seu futuro. Vale destacar que o treinador tem contrato firmado com o Gigante da Colina apenas até o final deste ano.

 

Em entrevista coletiva realizada na noite da última quinta-feira, 04, Fernando Diniz respondeu o questionamento e não quis dar detalhes sobre o que pensa para o futuro. Segundo ele, o objetivo principal é terminar a temporada de maneira digna com o Vasco.

O que eu posso falar é o seguinte: eu vou pensar só em 2021 neste momento. Eu adoro trabalhar no Vasco, eu estou fazendo tudo que eu posso e que eu consigo para que a equipe consiga evoluir e consiga sonhar com o acesso”, iniciou Fernando Diniz.

Não é um discurso político, eu de fato gosto do Vasco, as pessoas que trabalham no clube são extremamente empenhadas em ajudar e a torcida é uma coisa que encanta, é um negócio mágico. Por isso me machuca mais. É uma torcida diferente. O Vasco tem muitas coisas que eu gosto, gosto de estar aqui”, completou o técnico do Vasco.

O JOGO!

O técnico Fernando Diniz lamentou a derrota do Vasco para o Guarani, por 1 a 0, na última quinta-feira, 04, pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na briga direta pelo G-4, o time sofreu o gol de Pablo logo após Germán Cano desperdiçar uma cobrança de pênalti.

Em entrevista coletiva após a partida, o treinador admitiu que o acesso à Série A ficou mais difícil na temporada de 2021. Com o resultado, o Vasco estacionou nos 47 pontos a cinco rodadas para o fim da competição e está a sete pontos do Goiás, que fecha o G-4.

Sentir, a gente sentiu mesmo, temos que sentir bastante, a dor, tristeza pelas duas derrotas, e por ter ficado mais difícil o acesso. Difícil não quer dizer impossível. A gente tem que pensar totalmente no próximo jogo contra o Botafogo e conseguir as próximas vitórias que a gente precisa”, disse o técnico.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!