Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Coronavírus » VISH!

Após Gabigol se envolver em polêmica, Neto detona craque e dirigente do Flamengo

Apresentador do programa "Os Donos da Bola" relembrou a demissão de um funcionário do Fla, que deixou o clube após divulgar foto dos atletas sem máscara

Redação Publicado em 15/03/2021, às 16h14 - Atualizado às 17h17

Neto em ação no progama "Os Donos da Bola"
Neto em ação no progama "Os Donos da Bola" - Transmissão Bandeirantes

Neto não perdoou a última polêmica em que Gabigolse envolveu. O craque do Flamengofoi flagrado pela polícia em um cassino clandestino, em São Paulo, durante a fase roxa do novo coronavírus. Nesta segunda-feira, 15, o apresentador deixou clara a sua insatisfação com a atitude do atacante. 

Durante a edição do programa "Os Donos da Bola", Neto afirmou que Gabriel Barbosa deveria ser um exemplo para os torecedores do Flamengo. O ídolo do Corinthians ainda destacou, como exemplo, a demissão de um funcinário do clube em 2020, após publicar uma foto de jogadores da equipe rubro-negra sem máscara. 

"Quando o assessor de imprensa tirou uma foto dos jogadores (sem máscara no avião), o que vocês fizeram? Mandaram o cara embora. Mas agora um jogador como o Gabigol, que acha que não teve sensibilidade - não é que você não teve sensibilidade, você estava em Nárnia. Você entra em um lugar de quatro andares, olha um monte de ficha, aí você pensa que é rosquinha? ", questionou. 

Ele ainda continuou: "Por que o Flamengo não faz como fez com o assessor de imprensa? Por que não manda o Gabigol ficar isolado 14 dias. Ele jamais poderia voltar para o Rio de Janeiro. Ele deveria servir de exemplo para os torcedores do Flamengo. Mas não".

Neto também questionou as declarações de Rodrigo Dunshee, que falou para o "UOL" sobre uma possível punição para Gabigol. De acordo com o diretor jurídico do clube carioca, o Flamengo não vai tomar nenhuma medida devido ao acontecimento ser na vida pessoal do atleta. 

 "Aí, o diretor de futebol fala que a responsabilidade é dele. Mas, espera aí! Ele não tem contrato com o Flamengo? Não pagaram R$ 90 milhões nele, ele não é exemplo para as crianças. Aí, está em um cassino clandestino, não pode sair para jantar. Os donos de restaurante estão fazendo o possível para pagar os funcionários e você fala em 'falta de sensibilidade'?", afirmou.

Por fim, o apresentador concluiu: "Eu gosto demais de você, Gabigol. Você deveria dar uma coletiva, assumir o erro, falar que burlou a lei e pedir perdão para todo mundo e prometer mostrar que não pode fazer isso, que entendeu. Porque, quando você sai e dá uma entrevista como a que você deu, dizendo que faltou sensibilidade, não é isso. Você não sabe se está com covid ou não, pode pegar no cassino. Você fez teste antes de ir".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!