Sportbuzz
Olimpíadas / OLIMPÍADAS - CANOAGEM SLALOM

Olimpíadas: Ana Sátila sofre punições e fica em último na final do C1 na Canoagem Slalom

Na final das Olimpíadas, Ana Sátila representou o Brasil na Canoagem Slalom

Redação Publicado em 29/07/2021, às 03h52 - Atualizado às 04h31

Na final das Olimpíadas, Ana Sátila representou o Brasil na Canoagem Slalom - GettyImages
Na final das Olimpíadas, Ana Sátila representou o Brasil na Canoagem Slalom - GettyImages

Na madrugada desta quinta-feira, 29, Ana Sátila disputou a grande final da categoria C1 da Canoagem Slalom. Após se classificar com o terceiro melhor tempo, a brasileira foi a oitava atleta a realizar a descida nas Olimpíadas.

Com apenas uma chance, Ana Sátila chegou bastante confiante para a disputa da final. De olho nos resultados das demais atletas, a brasileira fez o tempo de 164.71 e acabou ficando fora do pódio nas Olimpíadas.

 

No início da descida, Ana Sátila começou em alta velocidade e conseguiu passar os primeiros obstáculos sem punições. Contudo, a brasileira esbarrou na porta sete e acabou somando dois segundos em seu tempo final.

Mesmo assim, Ana Sátila não se abalou e seguiu em ritmo muito forte. Porém, a canoísta acabou deixando de passar por uma das portas e somou 50 segundos ao seu tempo final. Com isso, a brasileira perdeu as chances de entrar no pódio.

Com um tempo final de 164.71, Ana Sátila terminou a competição no décimo lugar. Jessica Fox, da Austrália, fez tempo de 105.04 e ficou com o ouro. Mallory Franklin, da Grã-Bretanha, fez tempo de 108.68 e ficou com a medalha de prata. Andrea Herzog, da Alemanha, ficou com o bronze após o tempo de 111.13. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

COMO FOI A SEMIFINAL?

Na madrugada desta quinta-feira, 29, Ana Sátila entrou na água novamente para disputar a semifinal do C1 na Canoagem Slalom. Representante do Brasil nas Olimpíadas, a atleta buscava ficar entre as dez primeiras para avançar à decisão.

Classificada com o quarto melhor tempo das quartas de final, Ana Sátila foi a 15ª competidora a realizar sua descida. Diferentemente da fase anterior, as atletas tiveram apenas uma chance para completar o percurso.

Na sua vez, Ana Sátila começou muito bem e chegou a cometer um pequeno erro entre as portas quatro e cinco. Mesmo assim, a brasileira não se abalou e seguiu realizando boa descida. Com a força da água, a prova tinha alto grau de dificuldade.

Alheia aos problemas, Ana Sátila seguiu muito tranquila no percurso e o encerrou sem nenhuma penalidade. Com o tempo de 114.27 segundos, a brasileira avançou com o terceiro melhor tempo e fez história ao ser a primeira atleta do país a garantir vaga na final da Canoagem Slalom.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!