Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
NFL / EITA!

Cardinals coloca cláusula inusitada para renovação de Kyler Murray

Cardinals não quer perder um de seus principais astros para a concorrência, e por conta disso decidiu investir em uma cláusula bastante diferente

Redação Publicado em 27/07/2022, às 10h46

Cardinals coloca cláusula inusitada para renovação de astro - GettyImages
Cardinals coloca cláusula inusitada para renovação de astro - GettyImages

Os Cardinals não querem nem saber de perder um dos seus principais nomes do time para a concorrência. Por conta disso, já agilizou a renovação de contrato de Kyler Murray, que assinou um novo vínculo que faz com que ele seja o segundo jogador mais bem pago da NFL. Esse acordo, inclusive, vai render pouco mais de 230 milhões de dólares e vai até o fim da temporada de 2028.

Agora, falando no mercado da NFL como um todo, ele só consegue ser superado pelo MVP Aaron Rodgers nos valores. A renovação foi mais um claro passo do objetivo dos Cardinals em fortalecer sua base de ataque, junto com DeAndre Hopkins, que conseguiu fazer com que o time começasse na temporada passada sendo um dos favoritos.

No entanto, para conseguir firmar esse acordo de renovação e manter seu astro no elenco, a equipe apostou em uma cláusula contratual um tanto quanto interessante. Isso porque Murray "deverá completar no mínimo quatro horas de estudo independente, todas as semanas, excluindo byes, durante cada temporada, enquanto durar o contrato".

Vale destacar que os Cardinals definem a temporada como sendo o período a partir da primeira segunda-feira depois do training camp e indo até o último jogo do time, incluindo nisso a fase dos playoffs. Por conta disso, o grau de exigência será bastante alto, já que o time também explica que se o jogador fizer outras coisas, como atividades de lazer, estará violando o contrato.

Cardinals renova com astro, mas impões cláusula no contrato
Cardinals renova com astro, mas impões cláusula no contrato (Crédito: GettyImages)

Essa medida inusitada foi tomada pelo clube depois das inúmeras críticas que rondaram os bastidores sobre o jogador no ano passado, que foi cobrado por uma falta de liderança dentro do vestiário do time. Na última temporada, inclusive, alguns integrantes da franquia não aprovaram a atitude do quarterback em deixar o campo nos últimos 'snaps' da derrota diante do Los Angeles Rams pela rodada de Wild Card dos playoffs.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!