Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
NFL / FUTEBOL AMERICANO

NFL: quarterback do Cleveland Browns soma 24 denúncias de assédio

Jogador do Cleveland Browns na NFL, Deshaun Watson sofre o segundo processo por assédio sexual em menos de uma semana; confira detalhes das denúncias

Redação Publicado em 07/06/2022, às 13h52

Deshaun Watson na NFL - Getty Images
Deshaun Watson na NFL - Getty Images

O jogador da NFL Deshaun Watson, que defende o Cleveland Browns, foi acusado de assédio pela 24ª vez. De acordo com o processo da última denúncia, o quarterback teria ejaculado em uma massagista que o atendeu duas vezes. O jornal "The New York Post” divulgou trechos do relato da vítima:

“Durante a massagem, o tom de Watson tornou-se agressivo enquanto ele repetidamente exigia que ela subisse cada vez mais na parte interna das coxas, fazendo com que a mão dela alcançasse seu escroto”, relatava a reportagem. O quarterback teria ficado excitado e a terapeuta imediatamente interrompeu a massagem. Com a profissional em choque, Watson expelido sêmen e respingado sobre a vítima.

Tony Buzbee, advogado nos 24 casos que elvolvem Deshaun, ressaltou a importância de potencializar a voz das vítimas e as enalteceu: “Perdidas no frenesi da mídia em torno de Deshaun Watson é que estas são 24 mulheres fortes e corajosas que, apesar do ridículo, das travessuras legais e do intenso escrutínio da mídia, continuam firmes pelo que é certo”, destacou.

Deixando de lado as disputas legais, a cumplicidade da NFL, ou as falhas do sistema de justiça criminal, a história retumbante que deve ser contada aqui é que essas mulheres são verdadeiras heroínas. Direi novamente, toda a nossa equipe está incrivelmente orgulhosa de representar essas mulheres”.
Deshaun Watson
Deshaun Watson apresentado na NFL pelo Cleveland Browns (Créditos: Getty Images)

O processo mais recente é o segundo movido contra o atleta em um intervalo menor que sete dias; o 23º foi aberto no dia 31 de maio. O advogado do quarterback, Rusty Hardin, deu declarações a uma estação de rádio em Houston, na qual afirmou que “finais felizes” são comuns em fins de sessões de massagem e que isso não se configuraria como crime.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!