Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira

Vanderlei Luxemburgo não fica no Vasco e se despede do clube ao final do Brasileirão

Treinador, inclusive, não comandou o último treinamento antes da partida contra o Goiás

Redação Publicado em 24/02/2021, às 18h19 - Atualizado às 19h12

Vanderlei Luxemburgo em ação
Vanderlei Luxemburgo em ação - GettyImages

Vanderlei Luxemburgo não é mais treinador do Vasco. O técnico, inclusive, não comandou o último treinamento antes da partida contra o Goiás e terá sua despedida anunciada nas próximas horas. De acordo com o GE, a decisão ocorreu após uma reunião realizada na tarde desta quarta-feira, 24. 

 

A decisão, segundo a publicação, é de que o técnico cumpra o contrato de 12 jogos pelo cruzmaltino e depois siga a sua carreira fora do Vasco. Ou seja, sua despedida do clube será feita nesta quinta-feira, 25, contra o Goiás, na última rodada do Campeonato Brasileiro. 

O site Globo Esporte ainda destaca que Luxemburgo irá receber um vídeo anunciando sua saída da equipe carioca. Além disso, Luxa abriu mão de receber qualquer valor e sairá do Vasco sem receber qualquer tipo de quantia, que foi, inclusive, proposta pela diretoria do clube. 

Em sua segunda passagem pelo time alvinegro, Vanderlei conseguiu apenas duas vitórias, cinco derrotas e quatro empates. Vale ressaltar que a informação foi dada em primeira mão pelo jornalista Gilmar Ferreira, do Jornal Extra. 

LUXA SE COLOCOU A DISPOSIÇÃO PARA PERMANECER NO CLUBE...

O Vasco praticamente encerrou sua participação no Campeonato Brasileiro com um rebaixamento para a série B da competição. Depois de um empate em 0 a 0 contra o Corinthians, o cruzmaltino permaneceu no Z-4 e agora precisa vencer o Goiás na última rodada por 12 gols de diferença para permanecer na primeira divisão. 

Em entrevista coletiva, depois do jogo, Vanderlei Luxemburgo deixou claro que não quer enganar o torcedor vascaíno. O treinador praticamente jogou a toalha sobre a permanência do Gigante da Colina na série A do Brasileirão. 

"Eu não posso enganar o torcedor: se falar em ganhar do Goiás e fazer 12 gols, estou enganando. Mas há um jogo sob júdice. Lá houve um erro gravíssimo. Tanto que o STJD deu um parecer para a CBF mostrar o vídeo e os áudios da partida contra o Inter. Esse jogo é importante para moralizar o campeonato. Ele manchou o Brasileirão. O juiz e o VAR comemteram erros gravíssimo, o pior foi a não consulta ao VAR. É complicado", disse.

Ele ainda continuou falando sobre as chances do Vasco permanecer na elite do futebol nacional e voltou a dizer que não acredita mais nessa possibilidade.

"Eu vim para o Vasco por 12 jogo. Falaram que colocaria a carreira em risco. Não tenho essa preocupação, a minha carreira está aí. Eu estou à disposição do Vasco para uma reconstrução. Se o Vasco entender que eu posso ajudar, estou pronto. Nos últimos três anos, o VAsco beira do rebaixamento. Uma hora... Não tenho nenhum problema de trabalhar na Série B. A minha proposta era deixar o Vasco não cair, não conseguimos. Caímos não hoje, mas em um processo crescente de muito tempo. Acabou que não teve como recuperar", afirmou.

Luxa ainda se colocou para ajudar o Vasco na série B do Brasileirão: "Daqui você começa uma reconstrução, pagamento, vai ter uma perda substancial de receita. Coloquei que se o Vasco não se mantivesse na Primeira Divisão, eu não queria receber. Se a diretoria quiser que eu permaneça, estou propenso a negociar. Durante minha vida profissional, ganhei muito dinheiro. Agora é uma questão moral. Quero ajudar o Vasco da Gama a se reconstruir. Já participei de vários clubes que se reconstruíram. Vou discutir de uma realidade dentro de Segunda Divisão".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!