Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz

Santos define futuro de Bustos e treinador fala em "vergonha"

Santos e Fabián Bustos atravessam uma fase complicada na temporada de 2022 e o treinador está pressionado em seu cargo; confira detalhes sobre o tema!

Redação Publicado em 03/07/2022, às 13h32

Santos analisa futuro de Bustos e técnico fala em "vergonha" - Ivan Storti/Santos FC
Santos analisa futuro de Bustos e técnico fala em "vergonha" - Ivan Storti/Santos FC

Bustos e Santosvivem uma pressão intensa na temporada de 2022. Desde a derrota de 4 a 0 para o Corinthians na Copa do Brasil, o clima no Peixe não ficou dos mais agradáveis e o longo jejum na Vila Belmiro deixou os torcedores ainda mais irritados. A derrota no último sábado, 2, para o Flamengo, por 2 a 1, só piorou a situação do treinador na equipe santista. 

De acordo com o site "Globo Esporte", por mais que a torcida do Santos faça uma grande pressão em cima do trabalho de Fabián Bustos, o treinador não deve deixar o clube. O entendimento é de que ele ainda pode suportar os resultados ruins. Existe a confiança de que o elenco alvinegro retome a boa fase das últimas semanas, mas para isso será necessário vencer os próximos desafios. 

Depois que a bola parou de rolar na partida entre Santos e Flamengo, Fabián Bustos concedeu entrevista coletiva e foi questionado sobre as críticas que recebeu no sábado, 2. O treinador optou por ignorar elas e seguiu com o pensamento de reverter o momento ruim que o clube passa na temporada de 2022. O comandante santista prometeu uma melhor na equipe para as próximas partidas. 

"Eu tenho que fazer meu trabalho, tratar de ser competitivo e conseguir os resultados. Essa é uma equipe que quase caiu no Paulistão. Chegamos ao final, vencemos o último jogo e conseguimos nos manter na divisão. Algo que nunca havia passado, uma vergonha muito maior. No Brasileirão, vamos competir, ser parelhos em quase todos os jogos", destacou.

Fabián Bustos em ação
Jogadores do Santos comemorando gol de Zanocelo na derrota contra o Flamengo no Brasileirão (Crédito: ivan Storti/Santos)
No Brasileirão, o que a gente jogou mal foi contra o Goiás como visitante, não fizemos um bom jogo. Na Copa do Brasil, passamos em três fases. Vergonha foi o que passamos da outra vez (Corinthians), não jogamos bem e o resultado. Na Sul-Americana, agora temos a chance, em casa, de passar e continuar conseguindo. No Brasileirão também, tentar seguir ganhando", completou.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!