Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO!

Zagueiro do Vasco vive dilema após suspensão por doping; entenda!

Vasco segue acompanhando a situação do jovem jogador

Redação Publicado em 01/10/2021, às 14h40

Vasco segue ajudando Miranda após caso de doping - GettyImages
Vasco segue ajudando Miranda após caso de doping - GettyImages

No início do último mês, o Vasco recebeu uma notícia ‘surpreendente’ vinda da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj). Durante exame realizado pela Conmebol, o zagueiro Miranda foi flagrado no antidoping.

No entanto, o Gigante da Colina logo divulgou nota oficial e afirmou que sabia do caso há alguns meses. Ciente da situação de Miranda, o clube carioca optou pelo sigilo, mas foi contrariado pela Ferj, que divulgou a informação para o público.

 

Um mês depois do episódio vir à tona, o zagueiro Miranda vive um enorme dilema na carreira. Afastado de qualquer atividade com a camisa do Vasco, o jogador vem se incomodando com a situação, além de mostrar abatimento por conta do flagra no antidoping.

As informações são do canal “Atenção, Vascaínos”. Além da incômoda situação por conta do doping, Miranda estaria ainda mais incomodado por não poder dar entrevistas, treinar, ir aos jogos ou qualquer outra atividade ligada ao futebol.

Segundo a publicação, o Vasco pretende dar todo o suporte para Miranda, que tem contrato até o final do ano. Caso a punição pelo doping se estenda até o ano que vem, o clube pretende renovar o vínculo do zagueiro para não o deixar sem clube num delicado momento.

Vale destacar que Miranda foi flagrado no exame antidoping realizado após o duelo contra o Defensa y Justicia no final do ano passado. Na ocasião, o teste do zagueiro apresentou o uso da substância Canrenona, diurético proibido nos regulamentos do futebol.

NOTA DO VASCO!

Sobre a recente notícia envolvendo o zagueiro Miranda, o Club de Regatas Vasco da Gama informa que já tinha conhecimento sobre o fato há alguns meses e manteve o assunto em sigilo, como deveria ser, visando preservar o atleta. O Clube lamenta o vazamento da informação confidencial pela FFerj, que publicou a notificação em seu site oficial, tornando-a pública”, lamentou o Vasco.

Ao ser notificado do fato, em junho, o Departamento de Futebol do Vasco procurou o atleta e o mesmo garantiu que não ingeriu a substância diurética. O Clube, portanto, confia na palavra de Miranda e continuará dando todo suporte ao mesmo durante o processo, acompanhando de perto, inclusive, sua defesa”, continuou.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!