Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / FALOU!

Rafaella Santos, irmã de Neymar, se pronuncia após derrota de Bolsonaro

Rafaella Santos, irmã de Neymar, se pronunciou em uma de suas redes sociais, desejando que o presidente eleito "faça do Brasil, um país melhor"

Redação Publicado em 31/10/2022, às 16h05

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Irmã de Neymar se pronuncia sobre eleições - Reprodução / Instagram
Irmã de Neymar se pronuncia sobre eleições - Reprodução / Instagram

Após a vitória de Lula (PT) nas eleições presidenciais deste último domingo, 30, a irmã de Neymar, Rafaella Santos, publicou seu posicionamento em uma de suas redes sociais. Na oportunidade, ela declarou não ter votado no vencedor, mas o desejou sorte, "apesar do que ele disse de sua família". Ela também afirmou esperar que Lula faça do Brasil, um país melhor.

"Sou Bolsonaro sim. Não é segredo para ninguém minha opção nestas eleições. Mas democraticamente sempre respeitei a todos que optaram pelo Lula. Apesar do resultado das eleições, minha opinião não vai mudar. Continua achando que o melhor para o país seria a vitória de Bolsonaro. E independente do que o presidente eleito disse da minha família, eu espero que ele pegue esse governo que estava indo muito bem e de coração que ele faça do Brasil um Brasil ainda mais maravilhoso! Juro que espero!", se posicionou. 

A polêmica entre o jogador do PSG e seus familiares, com Lula, começou depois de Neymar demonstrar apoio ao atual presidente, Bolsonaro, além de enviar presente e recebê-lo em seu instituto, localizado na Praia Grande, em São Paulo. Durante as campanhas dos candidatos, o atleta também postou um vídeo dançando um "jingle" de Bolsonaro.

Em resposta ao apoio do principal jogador do país na última década, Lula falou ao "Flow Podcast", sobre as dívidas de impostos que Neymar e sua família teriam, afirmando que o camisa 10 teria medo dele descobrir que o atual presidente teria perdoado esta dívida. Lula se referia ao encontro entre o pai do jogador e Paulo Guedes, em 2019, que tiveram para conversar sobre um processo que cobrava R$ 69 milhões em impostos e multas da família.

Neymar declarando apoio a Bolsonaro
Neymar declarando apoio a Bolsonaro/ Créditos: Reprodução / Instagram

Na oportunidade, a família se pronunciou por meio de um comunicado de sua empresa, repudiando as acusações e desafiando o então candidato a provar suas palavras no "palco adequado". Além disso, também divulgaram parte de um processo no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), tribunal que julga processos tributários.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!