Sportbuzz
Testeira
Futebol / NÃO DESSA VEZ

Guardiola abre o jogo sobre possibilidade de comandar a seleção

Guardiola foi apontado como o próximo treinador da Seleção Brasileira após a saída de Tite com o fim da Copa do Mundo e falou sobre o assunto

Redação Publicado em 08/04/2022, às 11h37

Guardiola, treinador do Manchester City - GettyImages
Guardiola, treinador do Manchester City - GettyImages

O nome de Guardiola ficou entre os assuntos mais comentados no mundo da bola durante a semana por conta da especulação de que ele seria o substituto de Tite no comando da Seleção Brasileira após a Copa do Mundo. Diante de tantas possibilidades, o próprio falou sobre o assunto durante entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, 8.

A informação foi disponibilizada pelo jornal espanhol "Marca" e logo negada pelo treinador quando foi questionado sobre o assunto durante a coletiva. Guardiola ainda aproveitou o momento para fazer uma declaração ao Manchester City, seu atual clube, dizendo que poderia permanecer por lá até o fim da carreira se fosse possível.

 

Canal - SportBuzz

"Hoje não... Estou sob contrato aqui, estou muito feliz. Estou disposto a ficar para sempre aqui. Eu renovaria o contrato por dez anos, mas agora não é o momento. Não sei onde veio", disse o treinador acabando com as expectativas dos brasileiros que o esperavam no comando da seleção, mas indo de encontro com a opinião de outros.

Tema de perguntas também na entrevista coletiva de Jürgen Klopp dois dias antes do confronto entre Manchester City e Liverpool, Guardiola foi chamado pelo colega de trabalho de "melhor treinador do mundo". Falando com os jornalistas alguns minutos depois, o espanhol foi perguntado sobre os elogios feitos pelo alemão e recusou o status dado pelo rival.

Guardiola, treinador do Manchester City
Guardiola, treinador do Manchester City (Crédito: GettyImages)

 

"Eu não me tornei treinador para ser melhor. Não sou. Muito obrigado, mas não sou. Eu gostaria de dizer que sou o melhor, mas não sou", apontou o comandante. Apesar de discordar de Klopp em sua própria avaliação, Guardiola concordou com o treinador do Liverpool em outra questão que foi comentada na coletiva.

Na opinião do comandante inglês, assim como na do alemão, o duelo apesar de valer a liderança da Premier League, não será definitivo para a disputa do título inglês. "Serão três pontos extremamente importantes, mas continua havendo sete jogos restantes. Mas é importante? Claro que é", comentou.

Manchester City e o Liverpool se enfrentam neste domingo, 10, às 12h30 (horário de Brasília), no Estádio City of Manchester. A equipe de Guardiola é a atual líder do Campeonato Inglês com 73 pontos, somente um a mais que o time de Klopp. Depois da rodada deste fim de semana, ficam faltando apenas sete partidas para o fim da competição.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!