Sportbuzz
Testeira
Futebol / FALA, PRESIDENTE!

Maurício Galiotte responde a críticas, fala sobre momento do Palmeiras e projeta final da Libertadores contra o Flamengo

Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, falou sobre a má fase do clube e revelou confiança no grupo

Redação Publicado em 14/10/2021, às 11h24

Maurício Galiotte fala sobre momento do Palmeiras - Flickr - Cesar Greco/Palmeiras
Maurício Galiotte fala sobre momento do Palmeiras - Flickr - Cesar Greco/Palmeiras

Após o empate contra o Bahia, Maurício Galiotte concedeu entrevista ao "globoesporte.com" falando sobre a fase do Palmeiras, a falta de investimento no mercado e sobre as críticas que a gestão do atual campeão da Libertadores vem sofrendo.

Nesta temporada, o Palmeiras tem tido um desempenho abaixo das expectativas. Depois de um ano praticamente perfeito, conquistando o Campeonato Paulista, a Copa do Brasil e a Copa Libertadores da América, o Verdão tem desapontado os torcedores que esperavam outro ano vitorioso como o último.

Na temporada de 2021, o Palmeiras perdeu as finais do Campeonato Paulista para o São Paulo, da Recopa para o Defensa y Justicia e da Supercopa do Brasil para o Flamengo. Além disso, o clube paulista foi eliminado pelo CRB na terceira fase da Copa do Brasil.

Os resultados recentes no Campeonato Brasileiro praticamente tiraram o Alviverde Imponente da briga pelo título. Apesar disso, o Verdão ainda tem esperanças de salvar a temporada na final da Libertadores contra o Flamengo.

Na entrevista, Maurício Galiotte minimizou as críticas e falou sobre os feitos do clube em meio à sua gestão.

"Nós lideramos o Campeonato Brasileiro algumas rodadas, estamos na final da Libertadores pelo segundo ano seguido, pagamos R$ 300 milhões de contas de gestões anteriores, de atletas que estavam na Justiça, empréstimos", começou.

"Investimos na estrutura do clube, não temos um real de atraso dos compromissos do clube, revelamos atletas da base, mantivemos o emprego de todos os funcionários durante a pandemia, temos investimento em infraestrutura no clube social e na Academia de Futebol", continuou antes de finalizar.

"Não dá para dizer que o Palmeiras não tem administração, isto não existe. Fazendo uma autoavaliação, é só comparar o período atual com outros e podem escolher o período, eu deixo as pessoas escolherem para ver se tem gestão ou não. Temos atletas revelados, uns no elenco e outros para um próximo período, elenco competitivo e é o que posso dizer. Tem trabalho e tem resultado", finalizou.

Além disso, o Palmeiras se pronunciou sobre a atual situação do clube e projetou o confronto contra o Flamengo na final da Libertadores.

"Final da Libertadores é uma outra situação, em outro contexto, daqui a 45 dias. Vamos ter de trabalhar muito, porque temos um adversário de altíssimo nível. Nosso momento não é bom. A gente pode e deve evoluir, a gente tem que entregar muito mais, temos qualidade para isso, qualidade para isso, potencial para isso. Mas é um momento difícil e ao mesmo tempo a gente disputa duas finais de Libertadores no mesmo ano. Tem muitas variáveis para estudar neste sentido", começou.

"E a gente confia muito neste grupo, neste trabalho e vamos fazer tudo que for possível para evoluir na performance do Brasileiro, que tem que melhorar, e para nos preparar para um jogo na final", finalizou.

Além disso, Galiotte falou sobre a situação financeira, sobre as renovações de Jailson e Felipe Melo, sobre as críticas da torcida a Anderson Barros. Para conferir a entrevista na íntegra, basta acessar o "globoesporte.com".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!