Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Flamengo: Após decisões polêmicas, presidente do Corinthians pressiona CBF e pede imagens e áudios do VAR

Presidente do Timão se mostrou extremamente irritado com as decisões do árbitro de vídeo

Redação Publicado em 15/02/2021, às 16h21 - Atualizado às 17h12

Gabigol em ação com a camisa do Flamengo
Gabigol em ação com a camisa do Flamengo - GettyImages

A 36ª rodada do Campeonato Brasileiro foi recheada de polêmicas e todas elas envolveram o VAR e sua ferramenta de medição de impedimento. O mais novo atrito entre árbitro de vídeo, CBF e clubes, envolve a partida entre Flamengo e Corinthians, que ocorreu no último domingo, 14, no estádio do Maracanã.

 

Em declaração nas suas redes sociais, Duílio Monteiro Alves demonstrou toda a sua insatisfação com a decisão tomada pelo VAR no segundo gol do Flamengo, marcado por Gabigol e que deu a vitória para o time carioca. O presidente do Timão pediu imagens e áudios e prometeu ir até a CBF.  

A revolta se deve, pois na oportunidade, algumas imagens mostraram que no passe de Everton Ribeiro, Gabigol poderia estar na frente da linha da bola. Ou seja, caso isso tivesse mesmo ocorrido, o gol marcado pelo atacante rubro-negro teria de ser anulado. 

Além disso, o dirigente alvinegro mostrou grande insatisfação com os cartões amarelos e faltas marcadas contra o Corinthians. Duílio demonstrou não ter gostado dessas decisões, pois perdeu Fagner para a decisão contra o Santos, nesta quarta-feira, 17, por ter levado o terceiro cartão e ficado suspenso para o clássico, que será realizado na Vila Belmiro. 

"Diante do que vimos ontem no Maracanã, voltamos a protestar à CBF, pedindo de novo os áudios e imagens do VAR para verificar a linha traçada no segundo gol do Flamengo e os amarelos dados sem critério. É o que sempre fazemos, quando o clube se sente prejudicado. Entramos em semana decisiva na briga da tabela, contra Santos e Vasco, e já vemos enorme pressão sobre os árbitros. Tudo o que queremos é a explicação dos critérios utilizados nessas decisões e um pedido por mais seriedade na própria escolha dos juízes", escreveu. 

"Só não fui pessoalmente à CBF porque a entidade está em recesso, mas já enviei o ofício. Estarei lá ainda nesta semana. Deixo claro: o Corinthians JAMAIS aceitou e NUNCA vai aceitar passivamente esses erros. Queremos gente gabaritada nos jogos finais e exigimos critério igual a TODOS", completou.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!