Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / EITA!

Ex-esposa de Daniel Alves abre o jogo sobre agressão sexual

Dinorah Santana, ex-esposa de Daniel Alves e sócia do atleta, abriu o jogo sobre a possibilidade do atleta ter realizado o crime de agressão sexual

Redação Publicado em 21/01/2023, às 15h52

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Daniel Alves é acusado de crime de agressão sexual; ex-esposa nega - GettyImages
Daniel Alves é acusado de crime de agressão sexual; ex-esposa nega - GettyImages

Daniel Alves está detido na Espanha por agressão sexual desde a última sexta-feira, 20. A notícia, no mundo do futebol, pegou todos de surpresa. Além disso, o jogador viu sua ex-esposa e sócia abrir o jogo em relação ao ocorrido. Dinorah Santana, em embarque para Barcelona, conversou com a imprensa e falou sobre a acusação. Mãe de dois filhos do ex-Seleção Brasileira, ela rechaçou a possibilidade o ex-marido ter cometido tal ato. 

Conheço o Daniel Alves há muito tempo, fomos casados por 10 anos. Ele jamais faria isso", afirmou a ex-mulher de Daniel Alves. 

Mais detalhes sobre o caso foram revelados durante a manhã deste sábado, 21!

O 'caso Daniel Alves' ganhou algumas revelações de diversos jornais espanhóis. Os veículos "El País", "El Mundo" e "El Periódico" revelaram trechos do depoimento prestado pela mulher que supostamente foi agredida sexualmente pelo lateral. Importante lembrar que ele está preso desde a manhã da última sexta-feira, 20, logo após contar a sua versão da história para a Justiça espanhola. 

Daniel Alves em ação pelo Brasil na Copa do Mundo
Daniel Alves segue longe do futebol após a Copa do Mundo (Crédito: GettyImages)

Segundo o que foi divulgado pelos três veículos, a mulher que teria sofrido a agressão sexual estava presente na boate Sutton, em Barcelona, no dia 30 de dezembro de 2022. Na oportunidade, o grupo ao qual ela fazia parte foi convidado para ir até uma área VIP da balada. De imediato, as pessoas aceitaram e o garço levou a mulher e seus amigos rumo a mesa onde Daniel Alves estava. 

De acordo com o depoimento da mulher, ela não reconheceu o jogador de maneira imediata. Junto ao jogador, também estava amigos dele, porém o atleta foi o único que dançou com a vítima. Enquanto ambos dançavam juntos, Daniel Alves teria levado "várias vezes a mão dela até seu pênis, e que ela retirou assustada" com a situação. A festa continuou e, por volta das 4h30, o ex-Seleção Brasileira fez uma proposta a mulher. 

Ainda seguindo o depoimento da vítima, ele teria pedido para que ela o seguisse até um corredor, onde acabou sendo encurralada no banheiro. A mulher tentou fugir, mas Daniel Alves teria prendido ela com força, realizado o ato sexual e até ejaculado. Na sequência da agressão sexual, o atleta foi embora da boate e ela falou sobre o episódio com seguranças e amigos. 

Depois do ocorrido, ela foi até um hospital para fazer exames e, segundo os jornais espanhóis, havia presença de sêmen em seu vestido. Essa prova fez com que a Justiça espanhol tomasse uma decisão ainda mais forte sobre o crime de agressão sexual e, por isso, o jogador acabou parando atrás das grades. Além disso, ainda de acordo com a imprensa local, o atleta teria dado versões diferentes da história e acabou se contradizendo. No fim, ele admitiu que houve relação sexual, mas que foi consensual. Posteriormente, Alves teria dito que não conhecia a vítima.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!