Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Cruzeiro é acionado na Justiça por agente que cobra R$ 465,7 mil de comissão sobre Dedé e Marllon; saiba mais!

Alegação é de que a Raposa não cumpriu com os pagamentos de valores comprometidos em acordos com a empresa

Redação Publicado em 22/03/2021, às 11h31

Dedé, jogador de futebol
Dedé, jogador de futebol - GettyImages

Cruzeiro coleciona problemas para resolver na Justiça. Já tendo que lidar com o processo trabalhista movido por Dedé, agora, o clube também tem pela frente uma cobrança da empresa que agencia o atleta, a "M9 Sports", liderada pelo empresário GiulianoArana.

De acordo com a "Rádio Itatiaia", em notificação referente a comissões não pagas nos contratos dos zagueiros Dedé e Marllon, são cobrados R$ 465.723,41.

Em ambas, Aranda pede a condenação do Cruzeiro ao pagamento do valor em três dias. Se não feito, ele requisita a penhora de bens da Raposa até que se chegue ao valor. Até o momento, não houve decisão sobre nenhuma das cobranças.

Na ação sobre o contrato de Dedé, Aranda pede que ao clube o pagamento de R$ 432.685,35. O valor é referente a 10 de 12 parcelas de não pagas de R$ 34.166,66, cada uma, pela Raposa do "Termo de Ajuste de Pagamento de Comissão", assinado em outubro de 2018.

Já na cobrança sobre o contrato do zagueiro Marllon, que chegou ano passado ao Cruzeiro e deixou o clube antes do fim da temporada, o empresário cobra o valor atualizado de R$ 33.038,06, referente a duas parcelas de R$ 14 mil.

Segundo a cobrança da "M9 Sports", as quantias deveriam ter sido pagas em março e abril do ano passado. O que, segundo a empresa, não foi feito.

Até aqui o Cruzeiro não se pronunciou no processo. Publicamente, o clube não tem se manifestado sobre as ações que o envolvem na Justiça.


 
 
 
 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!