Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » SUL-AMERICANA

Carille revela o motivo de não colocar Mateus Vital na segunda decisão da Sul-Americana

Após rebater técnico por fala polêmica, jogador não foi escalado para a partida contra o Independiente Del Valle

SportBuzz DIGITAL Publicado em 26/09/2019, às 10h17

Fábio Carille
Fábio Carille - Getty Images

O Corinthians foi eliminado pelo Independiente Del Valle nesta quarta-feira, 25, pela semifinal da Sul-Americana. O clube precisava reverter a derrota por 2 a 0, mas ficou no empate em 2 a 2 com a equipe equatoriana. 

Após ser superado na Arena Corinthians, Fábio Carille fez uma declaração inesperada sobre a atuação ruim da equipe, afirmando que o time teve problema de maturidade na partida e atribuiu a derrota a falta de jogadores mais experientes. 

Na oportunidade, o comandante disse que os jogadores sentiram a pressão de uma competição internacional. A frase no técnico não foi muito bem aceita pelos jogadores  e Mateus Vital rebateu. “Não, ninguém sentiu pressão, não. Por que pressão? Faz parte", disse o meio-campista.

Na noite da última quarta-feira,  discurso do técnico mudou e ele elogiou a equipe, revelando o motivo de ter tirado Vital da equipe titular na segunda decisão do campeonato continental. Segundo ele, a polêmica do jogo passado não influenciou sua decisão. 

“Vital hoje briga por posição com Sornoza. Vital me dá o um contra um melhor, drible, o Sornoza me dá o passe, lançamento, bola parada muito boa. Cada um dentro das suas características”, completou o técnico alvinegro. 

Focando apenas no Brasileirão, o próximo compromisso do Corinthians será diante de sua torcida, no domingo, às 11h, contra o Vasco, em Itaquera. 

SOBRE O JOGO

O Corinthians abriu o placar aos 29 da primeira etapa. Boselli colocou a bola na rede após um cruzamento rasteiro de Vagner Love, no contra-ataque iniciado por Pedrinho. O time começou a pressionar o Del Valle para igualar o revés. Contudo, os outros três gols da partida vieram no segundo tempo.

O Timão voltou do intervalo ainda forçando a marcação do equatoriano, mas viu o adversário melhor na etapa final. Aos 17 minutos, Carille apostou em Clayson no lugar de Ramiro e cinco minutos depois Jhon Sánchez deixou tudo igual no placar, após um bote errado de Manoel. O alvinegro precisava da vitória por 3 a 1.

O time de Fábio Carille ainda buscava o resultado. Aos 41 minutos, Clayson converteu um pênalti sofrido por Danilo Avelar. A falta cometida por Sánchez foi analisada pelo VAR.

Com o tempo disponibilzado para o árbitro de vídeo e mais os acréscimos, o Timão precisava de apenas um gol, mas três minutos depois Clayson falhou na marcação e Cabeza marcou, deixando tudo igual novamente e acabando de vez com as chances corintianas. 

O Del Valle aguarda o resultado entre Atlético-MG e Colón para saber quem será seu adversário na decisão. 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!