Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » SUL-AMERICANA

Carille fala em ano de remontagem do Corinthians após eliminação na Sul-Americana

O técnico avaliou a equipe e disse que sente orgulho de seus jogadores, mesmo após a derrota

SportBuzz DIGITAL Publicado em 26/09/2019, às 07h54

Corinthians eliminado da Sul-Americana
Corinthians eliminado da Sul-Americana - Getty Images

Na noite da última quarta-feira, 25, o Corinthians foi até Quito, no Equador, encarar o Independiente Del Valle pela segunda partida da semifinal da Copa Sul-Americana. O clube paulista foi persistente, mas a partida ficou no empate em 2 a 2 e o alvinegro foi eliminado. 

No jogo de ida da semifinal, na Arena Corinthians, o Timão foi derrotado por 2 a 0 e precisava repetir o feito do equatoriano para levar a decisão para os pênaltis, ou vencer por, no mínimo, 3 a 1 para avançar à grande final. Porém, o time pagou o preço pela derrota dentro de casa. 

Em coletiva pós-eliminação, o técnico Fábio Carille falou sobre remontagem do time, mas exaltou seus jogadores, diferentemente da entrevista do jogo de ida, em que disse ter sentido falta de atletas experientes. 

"Orgulho do time, orgulho da equipe. Foi um ano de remontagem, ano difícil. Chegamos até aqui e não passamos. Agora, teremos 18 decisões no Brasileirão pela frente. Sobre o jogo, fiz mudanças no time para ter uma equipe mais cascuda, mais experiente para esse tipo de decisão. A escolha pelo Ramiro, por exemplo, foi pensando em mudança tática para esse tipo de jogo, ele poderia ir aberto pela direita com Pedrinho mais centralizado. Trazer o Love por dentro e abrir o Sornoza. Ajustamos dentro de campo", disse o comandante. 

O treinador alvinegro ainda analisou sobre a derrota dentro de casa, em Itaquera, afirmando que a atuação da equipe foi ruim e que em fase decisiva, não se pode errar. 

"Jogos de mata-mata, diferente de pontos corridos, não te dão direito de errar. Fizemos uma partida muito mal tática e tecnicamente em casa. Quero parabenizar o adversário, que propôs o jogo, conseguiu jogar muito bem em nossa casa. Nós não conseguimos. E não dá tempo em mata-mata, não pode errar. Erramos muito no primeiro jogo", afirmou. 

A partida: 

O Corinthians abriu o placar aos 29 da primeira etapa. Boselli colocou a bola na rede após um cruzamento rasteiro de Vagner Love, no contra-ataque iniciado por Pedrinho. O time começou a pressionar o Del Valle para igualar o revés. Contudo, os outros três gols da partida vieram no segundo tempo.

O Timão voltou do intervalo ainda forçando a marcação do equatoriano, mas viu o adversário melhor na etapa final. Aos 17 minutos, Carille apostou em Clayson no lugar de Ramiro e cinco minutos depois Jhon Sánchez deixou tudo igual no placar, após um bote errado de Manoel. O alvinegro precisava da vitória por 3 a 1.

O time de Fábio Carille ainda buscava o resultado. Aos 41 minutos, Clayson converteu um pênalti sofrido por Danilo Avelar. A falta cometida por Sánchez foi analisada pelo VAR.

Com o tempo disponibilzado para o árbitro de vídeo e mais os acréscimos, o Timão precisava de apenas um gol, mas três minutos depois Clayson falhou na marcação e Cabeza marcou, deixando tudo igual novamente e acabando de vez com as chances corintianas. 

O Del Valle aguarda o resultado entre Atlético-MG e Colón para saber quem será seu adversário na decisão. 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!