Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » CLIMÃO!

Discurso de Carille pega mal e jogadores rebatem afirmação do treinador: “Por que pressão?”

Segundo o treinador, o Corinthians teve problema de maturidade na partida da Sul-Americana

SportBuzz Digital Publicado em 19/09/2019, às 09h44

Fabio Carille
Fabio Carille - GettyImages

O clima nas dependências do Parque São Jorge não é dos melhores! Após a derrota por 2x0 dentro de casa contra o Independiente del Valle, o Corinthians viu uma possível classificação para a grande final da Copa Sul-Americana ficar um pouco mais distante, tendo que reverter o placar no jogo de volta, em Quito, no Equador, que acontece na próxima quarta-feira, 25. 

Ao final do confronto, em coletiva de imprensa, Fabio Carille atribuiu a derrota a um fator que incomodou parte do elenco. Segundo o comandante, o alvinegro não teria desempenhado um bom futebol por conta da imaturidade de alguns jogadores, que não aguentaram a pressão do adversário.

"Um jogo de imposição física, de ‘nego malandro’, a gente com muito menino em campo, que tem que entrar em campo para aprender. Dificuldade do Pedrinho, Mateus Vital, marcação forte, jogo de Sul-Americana. Foi o time que deu resposta após a Copa América, mas hoje as coisas não funcionaram”, avaliou ele.

Questionado sobre a declaração de Carille, Pedrinho, de 21 anos, rebateu a fala e disse que não concordava com o posicionamento, porém, enfatizou a atuação coletiva e evitou maiores polêmicas.

“Já joguei, é a segunda ou terceira competição, estou bastante tempo no profissional. O grupo todo sentiu esse jogo, não fizemos um dos melhores jogos, creio que foi um dos piores jogos que nós fizemos, mas temos tudo para evoluir e fazer um grande jogo lá”, afirmou o atleta.

Além dele, outro que ficou visivelmente incomodado com o posicionamento de Carille foi Matheus Vital, o rapaz também disse que não faz sentido atribuir a derrota a pressão, até porque, em seu ponto de vista, não houve este tipo de sentimento.

“Não, ninguém sentiu pressão, não. Faz parte. Por que pressão? Pegamos o Fluminense e jogamos, Fluminense é uma equipe grande, confronto parecido com esse, ninguém sentiu pressão nenhuma”, rebateu o meio-campista.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!