Sportbuzz
Testeira
Futebol / NÃO GOSTOU!

Após empate, Rogério Ceni cobra melhora do São Paulo: “Ainda falta”

O São Paulo recebeu a Inter de Limeira, pelo sétima rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista, ficou no 0 a 0 e rendeu algumas reclamações de Rogério Ceni

Redação Publicado em 18/02/2022, às 11h14

Rogério Ceni cobra melhora do São Paulo - Flickr - Rubens Chiri / saopaulofc.net
Rogério Ceni cobra melhora do São Paulo - Flickr - Rubens Chiri / saopaulofc.net

Na noite desta quinta-feira, 17, o São Paulo recebeu a Inter de Limeira, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Em uma partida complicada, o Tricolor paulista abusou dos cruzamentos e não teve criatividade para furar o bloqueio da equipe interiorana e ficou no empate em 0 a 0.

Exaltando o empenho da equipe e pedindo melhoras, Rogério Ceni deu entrevista coletiva após o final do confronto. Tomando conta da posse de bola e das principais iniciativas, o São Paulo pressionou, mas não teve o repertório necessário para conseguir furar a defesa e balançar as redes.

CANAL - SPORTBUZZ

"Acho que nós nos propusemos a girar bem o jogo, tentar entrar na equipe adversária. No primeiro tempo tivemos boas oportunidades, algumas vezes conseguimos entrar. Ainda falta. Hoje não estávamos inspirados nessas jogadas individuais. Tivemos a posse, giramos muito em torno da área. Tivemos uma ou outra oportunidade real, time chutou bastante, em alguns momentos não tomou a decisão correta. Hoje não estivemos inspirados principalmente nos duelos individuais", comentou.

Apesar de ter ficado com a bola em seus domínios por 73% do tempo e de ter somado 31 finalizações na partida, o São Paulo só acertou o alvo do goleiro Rafael em cinco oportunidades. Ceni também falou sobre o excesso de cruzamentos feitos para a área na partida e reconheceu a boa marcação adversária.

São Paulo fica no empate com a Inter de Limeira
São Paulo para em marcação da Inter de Limeira e não consegue vitória no Paulistão - Flickr (Rubens Chiri / saopaulofc.net)

"Boa parte dos cruzamentos se deu aos 20 escanteios que tivemos. Cabeceamos algumas, levamos vantagens, mas não conseguimos fazer o gol. Um pouco é o nervosismo no final do jogo, rival baixa muito as linhas. Vai cansando, não consegue fazer triangulações", falou antes de completar.

"Vai batendo desespero no fim, jogador quer tentar chance de gol ao invés de ter calma. Não conseguimos jogar por dentro, achar passe entrelinhas, por isso acaba recorrendo aos cruzamentos. Hoje foi excessivo, poderia ter tentado construir mais por dentro. Hoje foi excessivo", completou.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!