Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Coronavírus » TENSO!

Vice-campeão olímpico com o Brasil comenta apuro após contrair COVID-19: “Achei que ia morrer”

Ex-jogador de vôlei de praia fez questão de avisar que a situação está pior do que a televisão mostra

Pedro Ungheria Publicado em 10/05/2020, às 19h32

Ex-jogador de vôlei comentou sobre o drama que viveu nesta semana
Ex-jogador de vôlei comentou sobre o drama que viveu nesta semana - Instagram

O COVID-19 segue assombrando alguns atletas! O mais recente que deu depoimentos após ser infectado pelo vírus foi o vice-campeão olímpico Márcio Araújo. O ex-jogador de vôlei de praia conversou com o Globo Esporte para contar um pouco das sensações que teve.

Atualmente, com 46 anos, o atleta disse que sente uma leve melhora, mas, mesmo assim ainda encontra algumas dificuldades e a principal delas e a falta de ar e problemas com respiração, que é um dos sintomas que mais dificulta as pessoas contaminadas.

“Eu ainda estou sofrendo com a respiração, mas pelo menos não estou mais com febre, acho que por estar medicado. A minha dor de cabeça, que estava "matando", agora baixou. Eu estou com pouca. Estou medindo [a saturação] com o oxímetro. Está melhorando”, disse ele.

Contando sobre seu drama, Márcio ainda disse que não conseguiu um leito de UTI em Fortaleza, por isso, teve que se tratar em casa, o que tornou a situação um pouco mais complicada. No começo do final de semana, viveu o pior dos momentos.

“Quase morri de sexta para sábado”, revelou ele.

Nas redes sociais, o astro compartilhou uma foto nas redes sociais, onde aparece segurando um papel dizendo que está confiante que vencerá o COVID-19 e mandou um alerta para os seguidores sobre a gravidade da doença.

“A situação está muito pior do que na televisão. É muita ambulância chegando, muita gente idosa. E vi que tinha gente que não ia aguentar. Eu vi que não era prioridade na frente daquelas pessoas. Infelizmente, as pessoas não respeitaram o isolamento, colapsaram os hospitais e o sistema de saúde. E gente que respeitou a quarentena não tem vaga”, concluiu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!