Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
NBA/Basquete / FALOU MESMO!

Jokic é sincero sobre prêmios e recordes na NBA: “Não jogo por isso”

Astro do Denver Nuggets na NBA, Nikola Jokic abriu o jogo sobre premiações e marcas individuais em sua carreira; pivô pode ser MVP pela terceira vez consecutiva

Redação Publicado em 02/01/2023, às 13h09

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Nikola Jokic, pivô do Denver Nuggets na NBA - Getty Images
Nikola Jokic, pivô do Denver Nuggets na NBA - Getty Images

Nikola Jokic, que defende o Denver Nuggets na NBA, quebrou o silêncio sobre os seus recordes e prêmios de caráter individual na liga. O jogador explicou que tais objetivos nunca foram o seu principal foco na carreira. O sérvio, no entanto, possui a chance de conquistar o título de MVP (jogador mais valioso) pela terceira vez consecutiva.

“Não jogo aqui por recordes, triplos-duplos e prêmios”, cravou Jokic ao portal "EuroHoops". “Os MVPs, por exemplo, vão significar um pouco mais para mim quando encerrar a minha carreira. Não é com esse tipo de reconhecimento em mente que jogo. É claro que você fica contente, certamente, quando consegue algo assim. No entanto, isso nunca foi o que mirei nessa liga”.

CANAL - SPORTBUZZ:

O atleta também destacou como se sente com o retorno de Jamal Murray e de Michael Porter Jr, sentindo menos pressão para contribuir no placar: “Os melhores jogadores costumam ter mais volume, mas eu aproveito o que o jogo me oferece. Há dias em que marco uns 40 pontos e outros em que não anoto nem dez. Gosto de mostrar que pontuar não é o mais importante, pois é possível causar impacto em várias áreas [...]”. 

Caso Jokic conquiste o prêmio de MVP novamente, se juntará a Bill Russell, Wilt Chamberlain (sendo os dois primeiramente citados companheiros de posição do sérvio) e Larry Bird na lista dos astros que faturaram o título três vezes de modo sequencial. O técnico do Denver Nuggets, Michael Malone, disse que a marca não deveria ser o principal critério para a avaliação dos jogadores.

Jokic, do Denver Nuggets, em partida contra o Boston Celtics, na NBA
Jokic, do Denver Nuggets, em partida contra o Boston Celtics, na NBA (Créditos: Getty Images)

“Para começar, existem várias razões para se premiar ou não alguém como MVP. Se o seu melhor argumento para não reconhecer Nikola é que ele já ganhou os últimos dois, então diria que você está sendo preguiçoso”, ressaltou o comandante. Atualmente, a franquia do Colorado assume o topo da Conferência Oeste, com 24 vitórias e 12 derrotas.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!