Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz

Glover e Deiveson veem Jamahal Hill e Brandon Moreno fazerem a festa no UFC Rio

Norte-americano e mexicano conquistaram cinturões ao vencer os brasileiros

Leonardo Fabri Publicado em 22/01/2023, às 12h10

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Brandon Moreno saiu com o cinturão dos moscas - UFC
Brandon Moreno saiu com o cinturão dos moscas - UFC

O UFC 283, realizado no Rio na noite do último sábado, terminou melancólico para os brasileiros. Glover Teixeira não conseguiu recuperar o cinturão dos meio-pesados, sendo amplamente dominado por Jamahal Hill, e Deiveson Figueiredo voltou a perder o título dos moscas para Brandon Moreno.

Agora, o Brasil, que iniciou o UFC Rio com quatro cinturões do UFC, não só deixou de ampliar a coleção para cinco, como viu o número baixar para três (Amanda Nunes, campeã dos galos e dos penas feminino; e Alex Poatan, dos médios). Ainda assim, é o país com mais cinturões. Com Hill, os EUA encostou com dois.

Na luta principal, Jamahal Hill impôs sua agressividade na luta em pé e castigou um "imortal" Glover Teixeira com socos e chutes contundentes, chegando a tontear o brasiliro em certos momentos. Glover conseguiu derrubar duas vezes durante a luta, até montou em uma delas, mas não conseguiu progredir. No fim, o americano venceu por decisão unânime e o brasileiro anunciou a aposentadoria do MMA.

Momentos antes, Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno travavam mais uma guerra, a quarta entre eles, mas com leve vantagem para o mexicano. O golpe que definiu a tetralogia veio no terceiro round: um soco logo abaixo do olho de Deiveson, que irradiou e fez o brasileiro perder a visão naquele momento. No intervalo do round, o médico analisou o ferimeno e impediu o paraense de retornar para o combate.

Outro momento triste para os brasileiros foi na luta que marcou a aposentadoria de Maurício Shogun. O veterano do Pride se despediu do MMA sofrendo um nocaute para Ihor Poitieira ainda no primeiro round. Apesar disso, a lenda teve o merecido reconhecimento do público, que o ovacionou e o aplaudiu e pé na Jeunesse Arena.

Também teve alegria

Nem só de tristeza foi o UFC 283. Gilbert Durinho não deu sopa para o azar diante de Neil Mgany e finalizou o norte-americano com um katagatame ainda no primeiro round, sem sustos; e Jéssica Andrade castigou Lauren Murphy por três rounds, garantindo a vitórias por decisão unânime. Ainda no card principal, Johnny Walker nocauteou o perigoso finalziador Paul Craig no primeiro round.

Os outros destaques foram Jailton Malhadinho, que em mais uma apresentação sólida finalizou o russo Shamil Abdurakhimov no segundo round; Brunno Hulk, que com um direto certeiro apagou o compatriota e favorito da luta Gregory Robocop, ainda no primeiro round; e os irmãos Ismael e Gabriel Bonfim. Ismael aplicou o nocaute mais bonito da noite, uma joelhada voadora inapelável sobre Terrance McKinney; e Gabriel finalizou Mounir Lazzez com uma guilhotina em 49 segundos.

Confira abaixo os resultados completos:

UFC 283
Sábado, 21 de janeiro de 2023
Jeunesse Arena, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Jamahal Hill venceu Glover Teixeira por decisão unânime
Brandon Moreno venceu Deiveson Figueiredo por interrupção médica entre o 3º e 4º round
Gilbert Durinho finalizou Neil Magny com katagatame aos 4:15min do 1º round
Jéssica Bate-Estaca venceu Lauren Murphy por decisão unânime
Johnny Walker venceu Paul Craig por nocaute técnico aos 2:16min do 1º round
Ihor Potieria venceu Mauricio Shogun por nocaute técnico aos 4:05min do 1º round
Bruno Hulk venceu Gregory Robocop por nocaute aos 4:13min do 1º round
Thiago Moisés finaliza Melquizael Costa com mata-leão ao 4:05min do 2º round
Jailton Malhadinho venceu Shamil Abdurakhimov por nocaute técnico aos 2:56min do 2º round
Gabriel Marretinha finalizou Mounir Lazzez com guilhotina aos 49 segundos
Galos: Cody Stamann venceu Luan Lacerda por decisão unânime
Leves: Ismael Marreta venceu Terrance McKinney por nocaute (joelhada) aos 2:17min do 2º round
Nicolas Dalby venceu Warlley Alves por decisão dividida
Josiane Nunes venceu Zarah Fairn por decisão unânime
Daniel Marcos venceu Saimon Oliveira por nocaute técnico aos 2:18min do 2º round


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!