Sportbuzz
Tênis / FANTÁSTICO

Nadal pede fim de comparações com Alcaraz e exalta espanhol

Nadal, número 4 do mundo, elogiou o desempenho de Carlos Alcaraz, que se tornou o grande campeão do Masters 1.000 de Madrid no último domingo, 8

Redação Publicado em 12/05/2022, às 10h38

Nadal e Carlos Alcaraz - GettyImages
Nadal e Carlos Alcaraz - GettyImages

Nadal elogiou e pediu pelo fim das comparações com o compatriota Carlos Alcaraz, que foi o grande campeão do Masters 1.000 de Madrid no último domingo, 8. O espanhol número 4 do mundo exaltou o desempenho do garoto, que se tornou a sensação do tênis no momento, mas disse que cada caminhada é uma, e que se ele se sair tão bem, vai ser bom para sua carreira.

"A única coisa que podemos fazer é aproveitar a carreira de um jogador incrível como Carlos. Seria melhor, mesmo que seja interessante, vocês pararem de compará-lo comigo. Se conseguir vencer 25 Grand Slams, vai ser incrível para ele e para o nosso país, e ficarei feliz por ele. Mas deixe-o aproveitar sua carreira", disse Nadal.

Canal - SportBuzz

Carlos Alcaraz desistiu de disputar o torneio italiano para conseguir se preparar melhor para Roland Garros. Depois da conquista do título em Madrid, superando inclusive Rafael Nadal, Novak Djokovic e Alexander Zverev, o jovem espanhol chegou na importante condição de o principal favorito ao título do Grand Slam de Paris.

Em sua recente entrevista, ele se disse pronto para chegar na conquista da taça, mas Nadal, que é o maior campeão de Grand Slams da história, com 21 título, pediu que menos expectativas fossem depositadas sobre o garoto. O astro ainda diz que administrou sua carreira no início da forma como achou que seria melhor, e agora é a vez dele.

Nadal pede fim das comparações com Carlos Alcaraz
Nadal pede fim das comparações com Carlos Alcaraz (Crédito: GettyImages)

 

"Não coloque pressão extra sobre ele. Estou feliz por ter um jogador incrível como ele em nosso país. Estou feliz com a maneira como eu consegui administrar minha carreira no tênis, agora é o momento dele de administrar a carreira do jeito que quer. Não podemos ficar o tempo todo pensando em como foi, como ele é hoje. Ele é o que é, é fantástico", disse antes de completar.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Rafa Nadal (@rafaelnadal)

 

"Provavelmente em 2005, não vou dizer de mim que fui fantástico, mas acho que fui bastante bom também. Momentos diferentes, carreiras diferentes, maneira diferente de abordar as coisas porque os tempos estão mudando. Mas vamos apreciá-lo. É isso", contou o campeão que mais somou pontos para o ranking da ATP neste ano, com 3.530. 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!