Sportbuzz
Outros Esportes / PARALIMPÍADAS!

Nos 50m livre, Wendell Belarmino dá show, e garante o segundo ouro do Brasil nas Paralimpíadas!

Além de aumentar as medalhas do Brasil, Wendell Belarmino subiu em seu primeiro pódio nas Paralimpíadas

Redação Publicado em 27/08/2021, às 08h12

Wendell Belarmino, nadador brasileiro segurando a medalha de ouro das Paralimpíadas - GettyImages
Wendell Belarmino, nadador brasileiro segurando a medalha de ouro das Paralimpíadas - GettyImages

É ouro! Na manhã desta sexta-feira, 27, o Brasil conheceu o homem mais rápido das piscinas das Paralimpíadas. Wendell Belarmino, de 23 anos, conquistou a medalha de ouro nos 50m livre da classe S11, no Centro Aquático da capital japonesa.

O brasileiro conseguiu o segundo ouro Paralímpico do país nesta edição depois de bater com 26s03, estando à frente do chinês Dongdong Hua, que fez tempo de 26s18, e do lituano Edgaras Matakas, com tempo de 26s38, na categoria para atletas com deficiência visual.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SportBuzz (@sportbuzzbr)

 

Inclusive, é importante destacar que essa foi a primeira medalha paralímpica de Wendell, que está estreando nos Jogos Paralímpicos, e a segunda de ouro do país no megaevento, sendo que a primeira havia saído na quarta-feira, 25, com Gabriel Bandeira nos 100m borboleta classe S14. 

"A ideia era vir, me divertir e chegar ao pódio. Queria nadar o mais rápido possível. Além de me divertir, estou realizando três sonhos de uma vez só: vir para uma Paralimpíada, ganhar uma medalha paralímpica e ser campeão paralímpico", disse o brasileiro, atual campeão mundial da prova, em entrevista ao "SporTV".

Prata de Gabriel Bandeira e bronze de Maria Carolina Santiago

É medalha que você quer? É medalha que os atletas brasileiros estão entregando nas Paralimpíadas! Nesta sexta-feira, 27, o dono da conquista de prata foi Gabriel Bandeira, na prova dos 200m classe S14, para atletas com deficiência intelectual, no Centro Aquático do Japão.

Vale lembrar que o nadador já havia aberto as disputas das Paralimpíadas na natação levando o primeiro ouro do Brasil nos 100m borboleta.

Porém, não é só aí que a coisa fica boa, não. Para se ter uma ideia do nível que estava essa prova, Daniel Bandeira, e o britânico Reece Dunn, nadaram abaixo do recorde mundial anterior, com tempo de 1min52s90.

Com esse ritmo muito forte, Dunn terminou a prova fazendo 1min52s40, enquanto o brasileiro cravou 1min52s74. Assim, o bronze acabou ficando com o russo Viacheslav Emeliantsev, marcando tempo de 1min55s58.

Para atingir esse objetivo, Gabriel adotou uma estratégia de prova mais controlada do que o rival. Nos primeiros 50m, o paulistano ocupou o quinto lugar, mas já nos 100m, estava na terceira posição. Nos 150m, era o vice-líder, e pressionava Dunn.

Apesar de a pressão ter aumentado na última piscina, o britânico também acelerou, e conseguiu manter a dianteira, levando o ouro.

"Por essa aqui eu não esperava. Nos 100m borboleta eu estava mais preparado, mas essa foi inesperada", disse Daniel em entrevista ao "SporTV" depois da prova.

Bronze para as mulheres!

Não são apenas os homens que estão se destacando nas Paralimpíadas não. A nadadora Maria Carolina Santiago garantiu a medalha de bronze nos 100m costas da classe S12, para atletas com deficiência visual, depois de marcar tempo de 1min09s18. 

Nessa prova, ela só não chegou ao ouro Paralímpico porque ficou atrás somente da britânica Hannah Russell, com tempo de 1min08s44, e da russa Daria Pikalova, que ganhou a prata, e teve tempo de 1min08s76.

Inclusive, vale lembrar que esse foi o primeiro pódio Paralímpico de Carol, que ainda tem grandes chances de ficar entre as primeiras colocadas também nos 50m livre e 100m livre.

"Esse resultado representa muito para mim. Foi uma preparação bem dura, mas consegui fazer meu melhor tempo e consegui a medalha", comemorou a brasileira.

"Infelizmente, não tem as arquibancadas lotadas para sentir aquela força da torcida, mas é incrível, incrível. Eu queria muito essa medalha, e a gente conseguiu", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!