Sportbuzz
Outros Esportes / FÓRMULA 1!

Confira o cenário atual da Fórmula 1 para o GP de Interlagos

Max Verstappen lidera o campeonato de pilotos, mas vê a Mercedes um ponto na frente da Red Bull Racing na classificação de construtores

Gabriel Soria Publicado em 12/11/2021, às 12h58

Pilotos se preparam para o GP do Brasil - Getty Images
Pilotos se preparam para o GP do Brasil - Getty Images

A partir desta sexta-feira, 12, começa oficialmente o final de semana que marca o Grand Prix do Brasil, em Interlagos. Primeiro, os pilotos e equipes passam pelos treinos livres para reconhecimento da pista, estabelecendo uma estratégia para treino de classificação.

O treino de classificação acontece no sábado, 13, onde os pilotos passam pela Q1, Q2 e Q3.
A Q1 é a que conta com os 20 pilotos e é onde, depois de 18 minutos, os donos dos cinco piores tempos são desqualificados, classificando 15 para a Q2.

A Q2 acontece sete minutos depois do final da Q1. Nesta sessão, o tempo diminui e os 15 pilotos têm 15 minutos para definir quais são os outros cinco que ficarão pelo caminho, ou seja, apenas 10 se classificam para a bateria final, onde será definida a pole-position.

A Q3 é a última bateria e define a posição dos 10 primeiros colocados. Em 12 minutos, os 10 pilotos precisam fazer sua melhor volta possível para conseguir se classificar em boa posição para a corrida, que acontece no domingo.

A corrida acontece no domingo, 14, às 14h e, tido como um autódromo de pista curta, Interlagos conta com o maior número de voltas de todo o campeonato, para que a corrida tenha o mesmo tempo que em todos os Grandes Prêmios, que normalmente têm pistas maiores.

O cenário no campeonato

Nesta edição do campeonato, a Fórmula 1 tem contado com uma competição que já não era vista há alguns anos. Nas últimas edições, Lewis Hamilton liderou a tabela até os títulos sem passar por grandes sustos.

Atualmente, o líder do campeonato é o holandes Max Verstappen, que acumula 312.5 pontos, e é seguido de perto por Lewis Hamilton, que tem 293.5 pontos. Segundo o regulamento, as posições ao final da corrida recebem diferentes pontuações, confira.

10º
25 pts 18 pts 15 pts 12 pts 10 pts 8 pts 6 pts 4 pts 2 pts 1 ponto

Os pilotos entre o 11º e o 20º não pontuam. Além disso, caso algum piloto que estiver entre os 10 primeiros fizer a volta mais rápida, ele ganha um ponto extra.

Para o cenário desta corrida, 19 pontos separam o líder do segundo colocado, então o campeonato pode ganhar novas caras na bandeirada final. Caso Hamilton vença a corrida e Verstappen termine em qualquer lugar da oitava posição para baixo, o inglês assume a liderança.

Para não perder a ponta da tabela, o holandês terá que chegar, no mínimo, na sétima posição. Nesse cenário, em caso de vitória de Hamilton, os dois ficam empatados na liderança. Também existe a possibilidade do atual campeão empatar na colocação sem vencer a corrida.

Para isso, é necessário que Verstappen não pontue e o inglês chegue na segunda posição tendo a melhor volta da corrida. Assim , Hamilton somaria 19 pontos e empataria na classificação geral do campeonato.

Contudo, o segundo colocado conta com um problema muito grande para vencer a corrida. Devido à necessidade de uma troca de motor de combustão, o inglês perderá cinco posições no grid de largada.

Ou seja, no melhor dos cenários, Hamilton precisa se classificar para a Q3 neste sábado e então conquistar a pole-position, contudo, ainda assim o piloto começará a corrida na quinta colocação.


Convidada especial

Uma convidada especial fará parte do ponto mais importante da corrida: a bandeirada. Se trata de Rebeca Andrade, a ginasta brasileira que foi responsável por uma atuação praticamente impecável nos Jogos Olímpicos de Tóquio.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!