Sportbuzz
Outros Esportes / PARALIMPÍADAS!

Brasil consegue a virada contra o Canadá, e conquista a primeira vitória Paralímpica no vôlei sentado!

Brasileiras do vôlei sentado foram medalha de bronze nas Paralimpíadas Rio 2016

Redação Publicado em 27/08/2021, às 10h07

Brasil vence o Canadá no vôlei sentado das Olimpíadas - GettyImages
Brasil vence o Canadá no vôlei sentado das Olimpíadas - GettyImages

Dia de estreia, e de vitória do Brasil no vôlei sentado das Paralimpíadas! Diante do Canadá, as brasileiras tiveram bastante dificuldade, mas conseguiram vencer logo no tie-break nesta sexta-feira, 27, com parciais de 21/25, 26/24, 25/20, 27/29 e 17/15 em 2h40 de jogo.

O jogo foi tão bom que as brasileiras chegaram a salvar um match point, e confirmaram a vitória na segunda oportunidade no set de desempate.

Na partida, Adria da Silva foi a maior pontuadora do Brasil, com 17 acertos. Jani Batista, que fez o ponto da vitória, teve 14 acertos, enquanto Pamela Pereira anotou 13 pontos, e Edwarda Dias 10.

Já falando de maior pontuadora de toda a partida, a canadense Heidi Peters, com 21 acertos ficou com esse posto, enquanto Danielle Ellis fez 18 pontos, e foi a segunda melhor.

Agora, com essa vitória por 3 sets a 2, o Brasil está na segunda colocação do Grupo A, atrás somente da Itália, que venceu o Japão por 3 a 0 também nesta sexta.

O jogo

Primeiro set

O Canadá começou decidido, e montou um bloqueio forte, se aproveitando dos erros brasileiros para abrir 5 a 1. Aí, o técnico José Guedes Dantas pediu tempo, e o Brasil começou com uma reação, mas as canadenses deslancharam de novo, e chegaram a ter nove pontos de vantagem, com o placar em 16 a 7.

Já na reta final, Jani Batista encaixou alguns bons ataques e puxou a reação do Brasil, que fez seis pontos seguidos, e chegou a diminuir a desvantagem para dois pontos, com o placar marcando 23 a 21. Apesar desse esforço, o Canadá conseguiu fechar o primeiro set em 25 a 21.

Segundo set

No segundo set, o Canadá começou abrindo 5 a 1, mas diferentemente do primeiro, o Brasil não demorou para reagir, e logo empatou em 6 a 6. Sempre que as canadenses tentavam ficar em vantagem, as brasileiras empatavam a parcial.

No momento decisivo, o Brasil contou com os ataques precisos de Adria da Silva, e com erros canadenses para vencer o segundo set por 26 a 24.

Terceiro set

Já mais confiante, o Brasil deslanchou no terceiro set, dominou toda a parcial e conseguiu barrar bem as tentativas de reações das canadenses. As brasileiras chegaram a ter oito pontos de vantagem, com o placar em 19 a 11, e conseguiu fechar o set em um ataque de Pamela Pereira, com 25 a 20.

Quarto set

No quarto set, o equilíbrio voltou a ser absoluto, e o Brasil chegou a dominar o placar por duas vezes, e teve quatro pontos de vantagem, marcando 20 a 16. Porém, o Canadá reagiu com os ataques de Heidi Peters e virou, fazendo 23 a 22.

As brasileiras ainda conseguiram salvar quatro set points, mas não evitaram a vitória canadense na parcial, com 29 a 27.

Tie-Break

O set decisivo foi melhor para o Canadá, que abriu 3 a 0, mas o Brasil não deixou barato, e virou em uma sequência de cinco pontos seguidos, fazendo 8 a 5. O Canadá ainda chegou a encostar, fazendo 8 a 7, mas o Brasil engatou uma nova sequência de três pontos, com o placar em 11 a 7.

As canadenses reagiram de novo, e chegaram ao empate, deixando em 11 a 11. Na reta final, o Brasil teve o primeiro match point, mas o Canadá salvou e também teve a chance de vencer o jogo.

Mas aí foi a vez do Brasil de evitar a derrota, virar e fechar o jogo em um ataque de Jani Batista, terminando com o placar em 17 a 15.

Próximos compromissos

Como próximo compromisso, as brasileiras encaram as anfitriãs japonesas no domingo, 29, às 8h30 (horário de Brasília). Para às semifinais, avançam as duas melhores equipes de cada chave.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!