Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » LONGE DE TUDO

Renato Gaúcho avalia treinos do Grêmio e lamenta ausência: "Saudade é muito grande"

Treinador segue em quarentena no Rio de Janeiro por estar no grupo de risco do novo coronavírus

Guilherme Assumpção Publicado em 22/05/2020, às 14h51

Renato segue de olho nos trabalhos
Renato segue de olho nos trabalhos - GettyImages

Mesmo sem a confirmação de uma data para o retorno do futebol brasileiro, algumas equipes já retomaram as atividades visando a volta dos campeonatos. Uma delas foi o Grêmio, que realizou diversos testes e exames em todos os funcionários.

No entanto, a reapresentação do Imortal não pôde contar com a presença do treinador Renato Gaúcho, que segue cumprindo isolamento no Rio de Janeiro por ser considerado como parte do grupo de risco do novo coronavírus.

Sem estar presente no dia a dia do clube, Renato concedeu entrevista aos canais oficiais do Grêmio e analisou os primeiros trabalhos do time após o período de suspensão das atividades. Segundo ele, as mudanças no comportamento dos jogadores é a principal alteração após a pandemia.

“Uma pré-temporada normal é você estar junto aos jogadores, que eles podem brincar, se abraçar, fazer trabalhos com bola, coletivos, parte técnica. Enfim, algo normal de uma pré-temporada. Com esta pandemia, infelizmente, você precisa tomar todo cuidado do mundo, treinar grupos de cinco, seis jogadores, e afastados. Você não pode dar todos os treinamentos que gostaria”, disse Renato Gaúcho.

Além da impossibilidade dos abraços e brincadeiras com proximidade, os treinos têm sido completamente físicos e sem contato entre os atletas dentro de campo. Porém, Renato avalia que a repetição dos exercícios físicos pode desgastar o elenco pela repetição do mesmo trabalho.

“Esta hora o jogador precisa fazer mais trabalho físico porque não podemos juntá-los. É uma diferença muito grande porque você fica restrito. Em um momento o jogador fica até cansado de fazer trabalho físico, fica com saudade da bola. Você precisa tomar muito cuidado para dar certo tipo de trabalho com bola e manter o distanciamento”, contou o treinador.

Apesar de estar acompanhando diariamente os trabalhos realizados no CT Luiz Carvalho, Renato sente falta de estar presencialmente ao lado dos profissionais do Grêmio. Para ele, a saudade de trabalhar com o grupo tem sido muito grande.

“(Saudade de) Trabalhar, estar junto com o grupo, mas com os trabalhos normais. A saudade é muito grande. Estamos parados há praticamente 70, 80 dias sem jogos. É difícil, triste, mas não podemos fazer nada. Temos que seguir o que o departamento médico nos passa. Sentimos falta de tudo que é normal no futebol. No momento, são coisas anormais. Esperamos que tudo passe e que voltemos o mais rápido possível e matar saudade dos jogos, do torcedor”, concluiu.

Desde o ano passado, Renato passou por duas cirurgias cardíacas e é exatamente por esse motivo que os médicos recomendaram que ele siga na capital fluminense para minimizar possíveis riscos. Assim, o treinador segue acompanhando os treinamentos da equipe à distância.


5 itens que todo torcedor do Grêmio vai desejar ter

1- Caneca Grêmio - https://amzn.to/2pIohRz

2- Bateria Portátil Grêmio - https://amzn.to/2J8kXpK

3- Sandália Domenicca Classic Grêmio - https://amzn.to/2P3W6Hs

4- Copo Chopp Grêmio - https://amzn.to/2oR9ft3

5- Fone de Ouvido Grêmio - https://amzn.to/35Va1We

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!