Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Renato Augusto desabafa e Cássio alerta Corinthians na Libertadores

Renato Augusto e Cássio fizeram um forte desabafo sobre a derrota do Corinthians para o Always Ready na Libertadores; confira os detalhes!

Redação Publicado em 06/04/2022, às 10h10

Cássio e Renato Augusto desabafaram sobre a derrota do Corinthians na Libertadores - GettyImages
Cássio e Renato Augusto desabafaram sobre a derrota do Corinthians na Libertadores - GettyImages

Cássio e Renato Augusto saíram irritados com a derrota do Corinthians na Libertadores. Na última terça-feira, 5, o Timão enfrentou o Always Ready e saiu da Bolívia com uma derrota de 2 a 0. O resultado negativo não agradou em nada nenhum dos dois ídolos corintianos que deixaram o gramado da partida incomodado com a forma como o time se comportou. 

Antes de Renato Augusto se dizer irritado com a atuação do Corinthians, Cássio fez um alerta para a equipe. Ele deixou de lado a altitude para deixar clara a sua insatisfação com a forma como o elenco alvinegro se comportou durante os 90 minutos de jogo. De acordo com o goleiro do Timão é preciso demonstrar mais para sair com vitórias na Libertadores. 

 

Canal - SportBuzz:

"Não pode botar a culpa só na altitude. Temos que melhorar, evoluir e crescer. Temos que criar mais e evoluir. Não podemos culpar só a altitude. Não fizemos um grande jogo, poderíamos ser mais agressivos em um jogo de Libertadores, que é mais disputado. Serve de aprendizado. É a primeira partida, temos duas agora em casa para buscar a vitória e entrar na briga pela classificação", afirmou.

Tomar um gol no começo da partida é ruim e difícil. Acabamos tomando. Não entendo como um campeonato como a Libertadores não tem VAR na primeira fase. Se comparando, os caras tem a Liga dos Campeões na Europa, e nós a Libertadores, e não tem o VAR", destacou Cássio.
Always Ready em ação
Jogadores do Always Ready comemorando o segundo gol da equipe em cima do Corinthians (Crédito: GettyImages)

Enquanto isso, Renato Augusto falou um pouco mais sobre o VAR e também deu um grande puxão de orelho no elenco do Corinthians após a derrota na Libertadores: "Tivemos um jogo difícil. Não jogamos bem. Teve um pênalti que, na minha opinião, não foi. Se tivéssemos o VAR, talvez não dariam. É um torneio difícil. Agora temos dois jogos em casa para pontuar e buscar a classificação".

Não tem desculpa, não tem. Sabemos que a primeira não foi pênalti. Se tivesse VAR, não dariam. Já começamos na altitude tomando gol. Mas não tem desculpa, fomos mal. Estou irritado, estou chateado, e não tem muito o que falar. É trabalhar. Para sair dessa situação é só trabalhando", finalizou.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!