Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Protesto de torcedores pode acabar sendo prejudicial para o Manchester United; entenda!

Torcedores do Manchester United invadiram o Old Trafford pedindo a saída da família Glazer

Redação Publicado em 03/05/2021, às 10h08

Protesto da torcida do Manchester United pode render punição ao clube - GettyImages
Protesto da torcida do Manchester United pode render punição ao clube - GettyImages
No último final de semana, diversos torcedores do Manchester United invadiram o gramado do Old Trafford pedindo pela saída da família Glazer, proprietária do clube. A confusão terminou fora do local de jogo com cenas lamentáveis de brigar entre os fãs e a polícia.
 
A situação que já estava complicada pode piorar ainda mais a partir de agora. Além de estar cada vez mais longe do título da Premier League, o Manchester United pode sofrer com a perda de pontos no Campeonato Inglês por conta do protesto da torcida.
 
Pelas regras da competição, caso o clube mandante falhe em garantir a segurança dos jogadores e comissões na entrada e saída dos jogos, ele pode sofrer redução de pontos.
 
Além disso, o Manchester United pode ser punido com multa, partidas com portões fechados e até a suspensão da competição.
 
 

Manchester United x Liverpool não aconteceu

 
Centenas de torcedores do Manchester United protestaram na porta do Old Trafford horas antes da partida contra o Liverpool, marcada para este domingo, 2.
 
O clássico decisivo, válido pela 34ª rodada da Premier League, teve seu início suspenso e foi adiado, posteriormente. O jogo ainda não tem data definida, mas a expectativa é que seja disputado nesta segunda-feira, 3.
 
O grupo que protestou na frente do estádio pedia, em faixas exibidas, a saída da família Glazer do comando do clube. Centenas de torcedores passaram pela barreira policial e conseguiram entrar no estádio, chegando até o gramado.
 
Em nota, o United se pronunciou sobre o adiamento da partida e informou que Premier League e os dois clubes discutirão sobre uma nova data para a partida:
 
"Após conversa entre a Polícia, a Premier League, o Conselho de Trafford e os clubes, nossa partida contra o Liverpool foi adiada devido a questões de segurança e proteção em torno do protesto de hoje. As discussões agora ocorrerão com a Premier League sobre uma nova data para o jogo", dizia um trecho.
 
O clássico deste domingo aconteceria às 12h30 (de Brasília), mas ainda havia aglomeração de torcida nos arredores do Old Trafford no horário, adiando o início da partida.
 
A polícia teve dificuldade para dispersar os fãs e entrou em conflito com alguns torcedores em determinados momentos. Aos poucos, os manifestantes deixaram o estádio.
 
Os times permaneceram concentrados nos hotéis próximos ao estádio e ficaram aguardando orientação das autoridades de segurança local.
 
Por volta das 13h40 (de Brasília), a Premier League confirmou a suspensão da partida, mas não indicou o novo horário.
 
Confira a nota do Manchester United na íntegra:
 
"Após discussão entre a Polícia, a Premier League, o Conselho de Trafford e os clubes, nossa partida contra o Liverpool foi adiada devido a questões de segurança e proteção em torno do protesto de hoje. As discussões agora ocorrerão com a Premier League em uma data revisada para o jogo.
 
Nossos torcedores são apaixonados pelo Manchester United e reconhecemos completamente o direito à liberdade de expressão e ao protesto pacífico.
 
No entanto, lamentamos a interrupção da equipe e as ações que colocaram outros torcedores, funcionários e a polícia em perigo. Agradecemos à polícia por seu apoio e iremos auxiliá-los em quaisquer investigações subsequentes".

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!